Seja produtivo e não ocupado – o conselho de Tim Ferriss pode otimizar sua rotina

Produtividade e concentração

Pergunte a si mesmo: quantas horas você passa trabalhando e dormindo? E quantas, teoricamente, sobram das 24 diárias? Quando fazemos o cálculo, muitas vezes nos surpreendemos porque, ao contrário do que dizemos a nós mesmos, temos tempo para fazer as outras coisas que queremos.

Colocando uma lupa no trabalho, agora: quanto tempo você dedica às tarefas maiores e mais importantes? Será que ele está sendo bem administrado? Com essas questões em mente, vamos refletir hoje sobre a famosa afirmativa de Tim Ferriss, guru de produtividade que conquistou o mundo com sua visão um tanto ousada publicada no livro “Trabalhe quatro horas por semana”:

Foque-se em ser produtivo, não em ser ocupado.

O que você realmente precisa fazer?

O autor defende que, na verdade, não nos falta tempo e sim prioridades. Ele afirma que, se soubermos exatamente o que precisamos fazer (e que é importante), conseguimos nos organizar para produzir com muito mais qualidade e velocidade.

Em seu livro, ele propõe alguns questionamentos:

  1. Se você tivesse um ataque cardíaco e só pudesse trabalhar duas horas por dia, o que faria?
  2. Se você tivesse um segundo ataque cardíaco e só pudesse trabalhar duas horas por semana, o que faria?
  3. Se você tivesse que parar de fazer 4/5 das diferentes atividades que mais consomem seu tempo, o que removeria?
  4. Quais são as três principais atividades que você usa para preencher o tempo e se sentir como se estivesse sendo produtivo?
  5. Aprenda a perguntar-se: “Se essa for a única coisa que eu fizer hoje, ficarei satisfeito com meu dia?”.

Tim afirma que, quando queremos adiar uma tarefa grande ou complexa – como escrever um relatório, por exemplo – nossa tendência é começar a fazer várias outras coisas rápidas – como responder e-mails e preencher planilhas – para procrastinar “sem culpa”. Enganamos a nós mesmos dizendo que estamos realizando atividades úteis, mas nenhuma delas é a nossa prioridade. Segundo ele, ocupar-se muito é uma forma de preguiça – preguiça de pensamento que gera ações descuidadas.

Desapegue…

Neste ponto da leitura, você provavelmente está fazendo uma reflexão e percebendo quantas atividades não tão importantes passam na frente das prioridades – certo? E então surge outra dúvida: se vamos nos dedicar às coisas realmente necessárias, o que fazer com o resto?

O cenário ideal seria delegar essas tarefas para alguém que possa realizá-las melhor do que você – ou, melhor ainda, usar a tecnologia a seu favor e automatizá-las. Outra opção que precisa ser considerada é simplesmente descartar as ações que não trazem nenhum tipo de resultado mensurável. Nas palavras do autor: nunca automatize algo que possa ser eliminado, e nunca delegue algo que possa ser automatizado.

E comprometa-se!

Depois de perceber tudo o que você não precisa fazer, comprometa-se a realizar o que você de fato precisa. Tim sugere que nunca iniciemos uma jornada de trabalho (ou um dia) sem uma lista clara de prioridades, e que nunca coloquemos mais de duas ações críticas nessa lista. Caso contrário, podemos nos perder em um mar de opções e continuar na estagnação.

Outra medida importante para a execução é dedicar-se a uma única coisa de cada vez. Em cada interrupção ou troca de tarefa, nosso cérebro perde energia, e acabamos não produzindo com qualidade máxima. Enquanto que, se nos esforçarmos para sermos “monotarefas”, fazemos melhor e em menos tempo.

Interessante?

Espero que esse artigo tenha ao menos te animado a colocar ordem na sua rotina e fazer acontecer! Para mais conselhos, recomendo fortemente a leitura do livro original e o curso online gratuito Como se tornar um empreendedor de sucesso.

Pensando em ganhar dinheiro vendendo pela internet? Experimente a plataforma de e-commerce da Nuvem Shop sem custo e sem compromisso por 15 dias.


O que você achou desse conteúdo?


Luane Silvestre

Integra a equipe de conteúdo da Nuvem Shop e, como era de se esperar, adora escrever e não dispensa um bom café. É técnica em Informática, licenciada em Letras e especialista em Marketing - e tenta juntar tudo isso por aqui.

seja-produtivo-e-no-ocupado-8211-o-conselho-de-tim-ferriss-pode-otimizar-sua-rotina