09/09/2015

O que nossos designers querem te dizer? (Parte 2)

Webdesign

Na semana passada, iniciamos uma série de dicas que nosso time de designers tem para o seu. Você viu alguns conhecimentos básicos para procurar e também os tipos de serviço que pode se sentir mais confortável para fazer. Nas fases dois e três desta pesquisa, nossos designers comentam sobre algumas particularidades da nossa plataforma e oferecem dicas para criar layouts mais atraentes.

Fase 2: entendendo a Nuvem Shop

Mesmo tendo experiência com a criação de e-commerces, algumas especificações da nossa plataforma podem ser estudadas para ganhar mais agilidade e confiança na elaboração das lojas. De acordo com Martina Cortés, engenheira de produto da Nuvem Shop, é super vantajoso conhecer as variáveis e objetos específicos da plataforma. Martina também recomenda a nossa documentação especializada e indica fazer testes na loja demonstrativa disponível para todos os nossos parceiros.

Para solicitar uma loja demo, basta criar uma loja normal e pedir para nosso suporte transformá-la em uma loja demo, contatando parceiros@nuvemshop.com.br . Depois da nossa confirmação, a loja vai funcionar normalmente, com exceção da concretização da venda, e você vai poder fazer todos os procedimentos e conhecer tudo que é possível em nossa plataforma.

Enquanto isso, Fernando Algañaraz, designer UX da Nuvem Shop, recomenda conhecer melhor sobre o TWIGinclusive através do curso especial da Universidade do Designer, para que fique bem clara a estrutura dos arquivos TPL e ao que cada pasta faz referência. Deste modo, é possível fazer muito mais personalizações sem grandes dificuldades.

Fase 3: criando com a Nuvem Shop

Depois de entender bem o funcionamento da Nuvem Shop e estudar métodos de personalizar lojas de maneira ainda mais prática, é importante ter algumas considerações a respeito de suas criações. Para isso, Daniela Milier, designer do time de conteúdo da Nuvem, traz três dicas essenciais:

Nada de ruído visual!

O objetivo ao entrar em um e-commerce é comprar. Por isso, a teoria mais é menos se aplica muito bem quando falamos de lojas virtuais. Escolher poucas cores, poucas tipografias, e escolher elementos e ícones pensando sempre na clareza das informações é o melhor caminho. O destaque sempre deve ser o produto.

Nada de FLASH!

Utilizar alguns recursos em Flash pode ser bonito e divertido, mas não é nada indicado para a criação de um e-commerce. Isso pode prejudicar o SEO da loja, já que os mecanismos de busca não ranqueiam o que está em Flash. Ou seja: a loja não vai aparecer no Google, por exemplo, se estiver utilizando este recurso. Se você quer inserir animações e elementos mais “alegres” na loja, a dica da nossa designer é fazê-las via SVG.

Tudo organizado!

Aproveite a própria estrutura que a Nuvem Shop oferece e elabore uma loja extremamente organizada. Quanto mais produtos tiver, mais importante fazer uso, por exemplo, das categorias. Pense sempre na forma mais rápida de localizar os produtos; preencha as informações de cada um deles corretamente, tenha fotos de boa qualidade e acompanhe os conteúdos que a Nuvem oferece para entregar a loja mais adequada possível para seu cliente vender muito (e claro, para você continuar oferecendo novos serviços para a loja!).

E então? Quer receber ainda mais dicas do nosso time? Cadastre-se como parceiro Nuvem e acompanhe as nossas newsletters especiais. Até a próxima!

Data da última atualização: 16/02/2018


O que você achou desse conteúdo?


Dannie Karam

Com mais de 10 anos de experiência em gerenciamento de projetos digitais, Danniela é comunicadora, escritora e líder do time de Branding da Nuvem Shop. Gosta de música, viagem, pessoas e culturas. E sempre fala demais, especialmente quando escreve de si em terceira pessoa.


    o-que-nossos-designers-querem-te-dizer-parte-2