Guia rápido sobre marketing omnichannel

Por: Raquel Lisboa
Guia rápido sobre marketing omnichannel

Aqui você encontra:

Com dúvidas sobre omnichannel e marketing omnichannel? Pois, então, você chegou ao conteúdo certo!

Neste guia rápido, vamos esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto: desde o que é omnichannel e quais são suas vantagens a como o marketing omnichannel funciona. Além disso, ao final, você encontrará dicas de como aplicar tal estratégia no seu negócio e um vídeo-bônus com o especialista Samuel Gonsales.

Portanto, separe uma caneta e um bloco de notas e siga com a gente. 😉

O que é omnichannel?

Omnichannel é uma tendência do varejo, que tem como preceito a sincronicidade dos canais de venda de uma marca — sejam eles online, como loja virtual, redes sociais e marketplaces, ou offline, como pontos de venda (PDV) e showrooms, por exemplo.

Com o objetivo de cobrir lacunas na experiência do usuário, tal estratégia facilita o gerenciamento de dados do cliente e a jornada de compra — que, nesse formato, pode acontecer a partir de diferentes fluxos: do online para o offline e vice-versa.

Um exemplo de abordagem omnichannel, que vem se popularizando nos últimos anos, é o da retirada física: o consumidor realiza a compra no e-commerce, mas, em vez de receber a encomenda na sua casa (e pagar pelo frete), ele retira o produto na loja física sem custo algum.

Diferença entre multicanal e omnichannel

Antes de passarmos para o próximo capítulo, vale ressaltar que omnichannel não é o mesmo que multicanal. Este modelo — distinto do omni que oferece uma experiência unificada — diz respeito a diversos canais de venda que não se integram. Ou seja, cada um possui uma estratégia diferente.


Saiba mais

Qual é a importância do omnichannel?

De acordo com uma pesquisa da Aberdeen Group, empresas omnichannel retêm 56% mais clientes, se comparadas a marcas que não aplicam tal abordagem. Logo, ter um plano omni é sinônimo de alta taxa de conversão e de destaque diante da concorrência.

Além disso, com o modelo omnichannel, é possível aprimorar o processo de fidelização, uma vez que, com os canais de venda integrados, você têm a chance de compreender melhor em quais ambientes (online ou offline) seu público está, por exemplo, mais suscetível a interações pós-compra.

O que é consumidor omnichannel?

Consumidor omnichannel é um cliente que está ativo em diferentes canais de venda. Ele geralmente transita entre tais ambientes antes de decidir fazer uma compra.

Um exemplo clássico de consumidor omnichannel é aquele que usa as redes sociais para acompanhar promoções. Quando uma o interessa, busca por mais informações na loja virtual. E, caso a marca tenha uma loja física, ele provavelmente vai até o PDV para conferir o produto de perto e comparar os preços online e presencial.

Daí a importância de manter a unicidade de referências e valores entre os canais, pois, dessa maneira, você evitará frustrações do lado do público. No entanto, se o seu objetivo for criar ofertas especiais em apenas um dos ambientes, é fundamental ressaltar tal detalhe na comunicação dos outros, ok?

Para ratificar os contextos acima, confira estes dados sobre o público omnichannel:

  • Os compradores omni têm um LVT (Life Time Value) 30% maior do que aqueles que compram usando apenas um canal (Google);
  • 90% dos clientes esperam comunicações consistentes entre os canais (SDL);
  • 56% dos consumidores usam dispositivo móvel para pesquisar produtos em casa e 38% utilizam-no para verificar a disponibilidade em estoque a caminho de uma loja física (Forrester).

Viu só? Marcar presença com o modelo omnichannel não é mais um diferencial, mas uma necessidade para gerir um negócio sustentável.


Saiba mais

O que é marketing omnichannel?

Marketing omnichannel, por vez, é uma evolução do marketing: de ações analógicas (como distribuição de catálogos físicos de produtos) às digitais integradas (exposição de artigos e conteúdos no social commerce — Instagram, Facebook etc —, por exemplo).

Assim como o omnichannel, o marketing omni tem como propósito criar uma comunicação de marca uníssona em todos os canais de venda e pontos de contato (touchpoints) e, por consequência, refinar a imagem da empresa.

Um exemplo de marketing omnichannel de sucesso é o My Disney Experience: portal digital do Walt Disney World que gerencia diferentes serviços da marca: desde reservas de hotel e restaurantes a compra de ingressos e fotografias oficiais tiradas dentro dos parques. Com poucos cliques, as experiências físicas e virtuais se unificam. Incrível, não?

Como o marketing omnichannel funciona?

O marketing omnichannel funciona a partir do cruzamento do online e do offline. Se, por exemplo, sua marca for lançar uma nova coleção, a divulgação deve ser harmônica e comunicada em banners da loja física e da virtual, por e-mail marketing e nas redes sociais.

O objetivo deste modelo é o de criar uma lembrança contínua sobre os seus produtos e consolidar a imagem do seu negócio.

Outra empresa que sabe aproveitar muito bem o marketing omnichannel é a Amaro. Esta marca se dedica com afinco à produção de conteúdos engajadores. No Instagram, compartilha posts relacionados à moda e lifestyle (como a criação de looks, por exemplo) — o que gera a oportunidade de indicar suas próprias peças.

A Amaro ainda investiu em showrooms para se diferenciar na logística omnichannel. Em seus PDVs, os produtos são expostos e podem ser provados, no entanto, as compras são finalizadas digitalmente e entregues na casa do cliente. Genial! ✨

3 dicas para começar a aplicar o omnichannel no seu negócio

Agora que você já sabe o que é omnichannel e marketing omnichannel, está na hora de conferir três estratégias para iniciar a implementação dessa tendência no seu negócio. Sigamos…

1. Alinhe os setores da sua empresa

Se você, por exemplo, possui dois times de marketing — um para as estratégias online, outro para as offline —, então, está na hora de unificá-los. Juntos, eles poderão refletir sobre as melhores ações para implementar em todos os canais.

Em relação ao estoque, disponha de um serviço que possibilite um controle uno para dar baixas tanto da loja virtual, quanto do PDV. Na Nuvemshop, oferecemos a opção de cadastrar os pedidos presenciais manualmente. Para saber mais, clique aqui.

Além disso, para agregar questões administrativas, financeiras e fiscais dos diferentes canais de venda, conte com o auxílio de um ERP (sistema de gestão integralizado). Em nossa plataforma de e-commerce, disponibilizamos integração com apps de gerenciamento, como o Tiny ERP.


Saiba mais

2. Disponibilize pontos de retirada física

Como comentado no início do artigo, a retirada física tem ganhado popularidade no omnichannel. De acordo com uma pesquisa da Forrester, 50% dos consumidores esperam poder comprar online e retirar o pedido presencialmente.

Caso você ainda não tenha um PDV, sem problemas. Atualmente é possível oferecer diferentes pontos de retirada, como o locker (armário localizado em um espaço público e protegido com uma senha) e o pick up point (outro estabelecimento que você pode fazer parceria para despacho físico).

Na Nuvemshop, oferecemos integração com a Kangu, serviço de pick up point que tem pontos de retirada em diversos bairros de São Paulo.


Saiba mais

3. Use o cross-selling a favor da sua marca

Cross-selling, caso você não saiba, é uma venda cruzada — isto é, quando se oferece ao consumidor produtos complementares àquele que ele já comprou.

No omnichannel, é possível colocar essa técnica em prática no momento em que o seu cliente for retirar um artigo fisicamente. Se você não tiver um PDV, adicione, ao pacote, um panfleto indicando itens da sua loja virtual e, até mesmo, disponibilizando um cupom de desconto.

Isso vai incentivá-lo a comprar novamente e, por consequência, aumentar o ticket médio do seu negócio.


Saiba mais

Vídeo-bônus: como fazer marketing na era omnichannel?

Para fechar com chave de ouro, assista a esta entrevista com o Samuel Gonsales, especialista em omnichannel da Millennium. Revise informações importantes deste conteúdo e descubra novas dicas relacionadas a plataformas e tecnologias que auxiliam na criação de um marketing omni:

Entendido?

Esperamos que, com este guia rápido, você tenha tirado suas principais dúvidas sobre marketing omnichannel. Como visto, tal estratégia pode fazer toda a diferença na hora de converter e fidelizar o seu público.

Caso queira encontrar dicas similares, indicamos a categoria Tendências do Blog da Nuvemshop.

E se você ainda não possui uma loja virtual, esse é o primeiro passo para uma estratégia unificada de canais de venda. Faça um teste de 30 dias grátis na plataforma da Nuvemshop e comece a vender pela internet!

Faça como +60mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Sabemos que migrar sua loja não é uma decisão simples.

Descubra os benefícios e facilidades que a Nuvemshop oferece exclusivamente para migrações.

Saiba mais sobre a migração