16/01/2014

É possível manter uma loja virtual e o emprego ao mesmo tempo?

Essa é uma dúvida que muitas pessoas que pensam em empreender na internet têm, inclusive aquelas que veem no e-commerce uma maneira de dar novos rumos à carreira.

Nossa resposta é sim, é perfeitamente possível, desde que as expectativas estejam alinhadas com o fato de você dedicar apenas parte do seu tempo inicialmente. Se o seu projeto é ambicioso, a conversa é outra e demandará tempo integral. No entanto, se você está incerto sobre os resultados iniciais da loja online, é preferível que a princípio você divida o tempo de trabalho no e-commerce com o tempo no trabalho fixo.

Para ajudar nessa empreitada, busque sistemas modernos e que facilitem a sua vida. A plataforma de e-commerce da Nuvem Shop, com interface amigável e intuitiva, ajuda nos primeiros passos no mundo online e é um dos exemplos de sistemas que possibilitam que você se dedique ao negócio somente naquilo que é extremamente necessário, sem ter que se preocupar em ter um programador, por exemplo.

Abaixo, separamos algumas dicas para tudo correr bem no gerenciamento do seu e-commerce:

Comece pequeno com sua loja virtual

Você está criando um novo negócio que receberá apenas parte do seu tempo. Pensando nisso, inicie com um modelo de negócio enxuto, com investimento reduzido. Comece com um estoque pequeno de teste para medir a receptividade do público e a velocidade das vendas.

Use essa largada mais comedida a seu favor, teste o produto com pessoas do seu relacionamento – família, amigos, colegas. Se a receptividade for boa, inicie uma nova rodada, maior, e vá injetando energia e tempo em etapas – aumente os estoques, invista em meios de divulgar seus produtos, projete resultados.

Lembre-se: trabalhe com calma e com uma dose de paciência, afinal, nada acontece da noite pro dia.

Encontre um parceiro para a loja online

Você vai comercializar camisetas? Busque um parceiro que, além de fornecê-las, possa estocá-las para você, diminuindo sua necessidade de espaço e controle. Quem sabe esse mesmo fornecedor possa se responsabilizar pelo envio conforme os pedidos forem chegando. Isso gera uma economia enorme de tempo, esforços e investimento destinados a estoque e logística.

Você pode até pagar uma pequena taxa por venda para seu fornecedor fazer esses serviços, o que será uma fonte a mais de renda para ele, contudo, quando o negócio crescer e o custo dessa parceria aumentar junto com o número de vendas, será hora de investir no seu próprio estoque e logística – aí valerá a pena, pois será mais barato.

Gerencie o capital do seu e-commerce

Começar uma loja online é algo simples de gerir financeiramente, mas requer alguns cuidados.

Por exemplo, trabalhe no início com o maior número possível de pagamentos à vista. Desta forma, o capital de giro, que é o dinheiro que precisa ser investido para a empresa arcar com suas contas recorrentes (desde luz até tributos), será menor. Quanto maior o prazo dado para seus clientes, mais dinheiro em caixa você precisará.

Do outro lado, negocie prazos maiores com fornecedores. A soma das duas estratégias cria um ciclo financeiro favorável à empresa: quando você tiver que pagar a conta, provavelmente já terá vendido o produto e recebido por isso, deixando seu caixa sempre positivo.

Planeje bem o momento de deixar seu emprego

Antes de se tornar seu negócio principal, o e-commerce será uma atividade adicional até que o dinheiro realmente comece a entrar. Mesmo que você já consiga manter o novo negócio sem necessidade de investir parte do salário nele, pense bem se já é o momento de deixar seu emprego fixo.

Se por um lado manter emprego e e-commerce gera um comprometimento pessoal e de tempo maior, de outro isso permite pensar exclusivamente do ponto de vista do empreendimento – sem se preocupar tanto com as contas pessoais. A chance do negócio prosperar, neste caso, será muito maior. E, quando isso acontecer, você poderá deixar o trabalho tradicional para dedicar-se exclusivamente ao empreendimento online.

Desejamos sucesso a você!

Data da última atualização: 16/03/2018


O que você achou desse conteúdo?


Bruno Fernandes

Bruno é jornalista e responsável pela estratégia de conteúdo do blog e da Universidade do E-commerce da Nuvem Shop. É viciado em esportes, sobretudo basquete, e assiste 500 séries de TV ao mesmo tempo.

possvel-manter-uma-loja-virtual-e-o-emprego-ao-mesmo-tempo