18/02/2016

Liminar suspende mudança no recolhimento do ICMS no e-commerce

Liminar suspende mudança no recolhimento do ICMS no e-commerce

Dias Toffoli, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu na noite desta quarta-feira (17) uma liminar que suspende as mudanças nas regras de recolhimento do ICMS no comércio eletrônico.

Em seu parecer, o ministro afirmou que a mudança nas regras apresenta riscos e prejuízos para empresas que recolhem seus tributos pelo Simples Nacional, podendo perder competitividade e acabar encerrando suas atividades – argumento que havia sido apresentado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O parecer de Toffoli suspende a cláusula 9 do Convênio ICMS 93/2015 editado pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que foi considerada inconstitucional. “A cláusula 9ª do Convênio ICMS 93/2015 (…) acabou por invadir campo próprio de lei complementar, incorrendo em patente vício de inconstitucionalidade”, explicou o ministro.

O cancelamento da cláusula 9 do Convênio ICMS 93/2015 ainda é temporário e será avaliado posteriormente pelo plenário do STF. O parecer do ministro dias Toffoli é válido, por enquanto, até o final do julgamento.

Data da última atualização: 16/03/2018


O que você achou desse conteúdo?


Bruno Fernandes

Bruno é jornalista e responsável pela estratégia de conteúdo do blog e da Universidade do E-commerce da Nuvem Shop. É viciado em esportes, sobretudo basquete, e assiste 500 séries de TV ao mesmo tempo.


liminar-suspende-mudana-no-recolhimento-do-icms-no-e-commerce