Conheça o principal da inovação tecnológica para e-commerce

Por: Beatriz Barros
Conheça o principal da inovação tecnológica para e-commerce

Aqui você encontra:

O comércio eletrônico vem garantindo o seu espaço no dia a dia da população. Afinal, com a inovação tecnológica, nunca foi tão fácil buscar por produtos ou serviços sem sair de casa.

Dessa forma, quando analisamos as lojas online em questão de varejo, o cenário é bem motivador: há inúmeras possibilidades de que o comércio online global ultrapassará a margem dos 50% ainda esse ano.

Em outras palavras, na soma total de compras realizadas no varejo, a maioria deve acontecer no ambiente online, por meio de mídias digitais e aplicativos de lojas.

Os especialistas do setor também acreditam que o faturamento deve se manter acima dos dois dígitos, o que é um ótimo sinal de crescimento dos negócios.

Com tantas expectativas, as inovações no segmento não param de crescer. Por isso, novos dispositivos tecnológicos estão sendo implementados nos e-commerces para atender a demanda de consumo.

Sendo assim, que tal conhecer essas tendências tecnológicas e entender a razão de serem indispensáveis no comércio eletrônico? Acompanhe!

Tendências tecnológicas para e-commerce

Quem possui uma loja online sabe que o mercado está em constante movimento: novas plataformas, modelos, ferramentas e metodologias surgem a todo momento.

Por isso, é fundamental conhecer as tendências tecnológicas para gerar novas oportunidades para o seu e-commerce. Vamos lá?

1. Omnichannel

Para ser omnichannel, todos os canais de uma empresa devem ser utilizados ao mesmo tempo, para intensificar o processo de compras, oferecendo uma experiência integrada para o cliente.

Além disso, esse conceito considera a onipresença, que atua no fortalecimento da marca em qualquer etapa de compra.

Por exemplo, o consumidor buscou por fita de led. A partir desse momento, a empresa já atua para estabelecer o primeiro contato e, consequentemente, intensificar a aproximação entre negócio e cliente até a etapa final do processo de compra.

Essa jornada inclui o primeiro contato, a venda, o pós-venda e o aprimoramento do relacionamento com o consumidor, estabelecendo uma comunicação efetiva e a longo prazo.

O omnichannel já é uma realidade em vários e-commerces, e o principal é estabelecer que não deve haver diferenças entre a loja física e a online — o serviço é um só e não importa a maneira que o consumidor chega ao ponto de venda.

Dessa forma, é possível atrair o cliente, encantá-lo e entregar experiências de compra que extrapolam as suas expectativas.

2. Inteligência artificial e chatbots

A inteligência artificial (IA) é um dos dispositivos mais promissores para o comércio digital, visto que atua na área de robôs de chat, mais conhecidos como chatbots.

Os softwares da inteligência artificial permitem que a comunicação com o cliente seja feita de forma personalizada e, desde que bem administrada, tem grandes estímulos para agilizar o atendimento do seu e-commerce.

Além disso, a organização pode facilmente obter todas as informações necessárias sobre o consumidor sem a necessidade de interferência humana. Com isso, os chatbots podem analisar também a relevância do cliente para a empresa, por meio de sistemas de gestão e a coleta de dados.

Assim, é possível otimizar a necessidade da contratação de colaboradores, justamente para atender apenas casos críticos que os dispositivos não conseguem resolver.

3. Pesquisa por voz

A comunicação da inteligência artificial atua diretamente nos mecanismos de pesquisa por voz. Afinal, esse recurso é cada vez mais utilizado em aplicações da internet.

Basicamente, é como o seu assistente pessoal do Google estivesse conectado à sua loja online de preferência, por meio da utilização dos sistemas da empresa.

Funciona mais ou menos assim: o seu assistente pessoal do Google sabe que você procura por instalação câmera de segurança. A partir disso, ele passa a te redirecionar automaticamente para o e-commerce que trabalha com esse tipo de serviço.

4. Mobile First

De acordo com o estudo Comércio Móvel no Brasil, da Mobile Time, a utilização dos smartphones para realizar compras online cresceu consideravelmente em 2019.

Em apenas quatro anos, o número de consumidores que realizaram compras no comércio móvel passou de 41% para 85%. Ou seja, os usuários estão cada vez mais entretidos com os dispositivos móveis.

E não podemos relacionar esses índices apenas a novos clientes. O uso recorrente do celular para acessar ao e-commerce também cresce significativamente. Para se ter ideia, 77% dos consumidores afirmam que hoje fazem mais compras pelo celular do que seis meses atrás.

Nesse sentido, torna-se imprescindível que sua loja virtual ofereça boa navegação aos clientes que a acessarem por dispositivos móveis. Um aspecto importante para escolher a plataforma de e-commerce do seu negócio, inclusive, é saber se o site será otimizado para mobile.

5. Big data

Em uma era em que grande parte da população tem acesso a informação, a gestão de dados não é uma tarefa apenas governamental — mas sim, uma questão manter a marca ativa no mercado.

Os negócios digitais precisam garantir a capacidade de extrair conhecimento relevante de uma grande quantidade de informações, o que vai permitir o maior número de vendas, serviços mais eficientes, redução de custos e clientes mais satisfeitos.

E como absorver toda essa quantidade de dados e informações? É simples: por meio do big data. O volume de informações extrapolou o limite de processamento dos computadores. Por isso, profissionais da área tiveram que desempenhar um sistema para aprimorar os instrumentos de análise.

Nesse sentido, o big data revolucionou toda a era de dados e informações que estamos vivendo. Quanto maior o volume de dados captados a partir de ações dos clientes ou potenciais leads, mais efetiva será a base de conhecimento que estabelece a comunicação direcionada em seus canais, principalmente no seu e-commerce.

Em outras palavras, as vantagens dessa inovação tecnológica são infinitas. Com esse sistema, você poderá otimizar os resultados das suas campanhas conforme a necessidade do seu público-alvo, além de possuir o poder de criar ações extremamente segmentadas.

Vamos supor que você trabalhe com tela de proteção. Como saber qual o seu público-alvo sem a menor ciência das informações sobre os usuários? O big data, além de proporcionar dados efetivos sobre os seus leads, ainda possui um alto poder de conversão.

Utilize a inovação tecnológica em seu e-commerce

A cada dia, as tecnologias melhoram a experiência no processo de compra. Um planejamento virtual bem elaborado proporciona o acesso a informação, fator determinante para que o cliente consiga encontrar o que precisa, com uma ótima experiência de compra.

Vale lembrar que não é necessário começar tudo ao mesmo tempo. Mas saber o que está ao alcance do seu negócio nesse momento e implementar essas técnicas pode te colocar à frente da concorrência!

Faça como +50mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop
O melhor evento de e-commerce para PME’s do Brasil

13 a 15 de julho — online e gratuito

Reserve o seu lugar