10/09/2013

Guia completo de marketing para o Facebook

Guia Completo de Marketing para o Facebook

A primeira coisa que você deve saber é que o Facebook é gigante. De acordo com os arquivos da empresa, mais de um bilhão de pessoas se conectam mensalmente à rede, e 618 milhões fazem isso de forma diária.

Aqui, esse fenômeno é ainda mais marcado. Segundo a ComScore, a América Latina é a região que lidera o ranking de participação em redes sociais a nível global, e um em cada quatro minutos online pertence ao Facebook. Atualmente, o Brasil perde somente para a Argentina em questões de horas gastas por mês dentro da rede social: 9,7 por cada usuário.

Com uma audiência de tal magnitude, se rompe o velho mito de que no Facebook estão somente jovens e adolescentes. Na verdade, o segmento de maior tamanho é o de 35 – 54 anos, e o de maior crescimento é o de maiores de 55 anos.

Agora, como a sua empresa pode aproveitar essa oportunidade? Existem três coisas que você deve fazer. Quais? Te contaremos neste guia!

1. Crie a presença da sua marca

O primeiro passo de qualquer estratégia de marca no Facebook é criar a página da sua empresa. Para isso, você pode seguir o nosso tutorial.

Lembre-se de que uma página não é o mesmo que um perfil pessoal: existem diversas diferenças entre eles. O importante é saber que perfis são somente para pessoas. Se você tem uma empresa, deve criar uma página.

Uma vez que você tenha criado a sua página, é fundamental modificá-la para dar um aspecto profissional. Em primeiro lugar, escolha uma URL personalizada. Dessa forma, a URL da sua página terá um aspecto amigável e fácil de lembrar como “facebook.com/NuvemShop” em vez de algo como “facebook.com/pages/NuvemShop/163502500391712”.

Em segundo lugar, suba a foto de perfil, a qual deve ser de 180 x 180 pixels. No caso das marcas, se recomenda usar o logo da empresa para que os usuários possam reconhecer com facilidade. Adicionalmente, suba a foto de capa para mostrar mais sobre a sua marca e os produtos que oferece. Essa foto deve ser de 851 x 315 pixels.

Depois, completar a informação da página é vital, principalmente depois do lançamento da nova busca do Facebook. O ideal é preencher todos os campos, mas os mais importantes são:

  • Descrição curta: é uma especificação breve que aparecerá como padrão na sua página. Certifique-se de que, durante uma visita, o texto não se veja cortado.
  • Descrição: aqui você pode contar com mais detalhes sobre o que faz e as características únicas da sua marca.
  • Website: campo perfeito para inserir o endereço da sua loja virtual.
  • Se você possui uma loja física ou um showroom, complete Endereço e Telefone para brindar confiança.

Ao completar essa informação, não utilize uma linguagem extremamente formal. A comunicação coloquial é mais efetiva no Facebook.

Por último, não se esqueça de personalizar as abas ou os aplicativos da sua página. Os aplicativos são os quatro retângulos observados à esquerda, logo abaixo do logotipo. Como padrão, o Facebook mostra somente dois aplicativos: as fotos e a quantidade de curtidas. É possível personalizar esses aplicativos como você desejar: adicionando novos, tirando os existentes e até mudando o ícone, que deve possuir 111 x 74 pixels.

Esses aplicativos têm muita exposição, portanto é interessante refletir sobre quais você deseja mostrar. Por exemplo: se você utilizar a Nuvem Shop, poderá incluir sua loja no Facebook e modificar a imagem.

2. Compartilhe conteúdo relevante no momento indicado

Depois de deixar sua página completa e com um aspecto profissional, você deverá compartilhar conteúdo relevante.

Lembre-se de que, quando compartilhar qualquer conteúdo, seus fãs o receberão diretamente em suas notícias (Newsfeed), igual ao que acontece com as publicações dos seus amigos. No entanto, é importante notar que o Facebook não mostrará todas as suas publicações aos seus fãs. O que determina se a sua publicação será mostrada ou não é um algoritimo chamado EdgeRank, o qual utiliza múltiplos fatores para decidir mostrar a sua publicação ou não:

  • Afinidade: se um usuário interage frequentemente com os conteúdos na sua página, então é mais provável que Facebook mostre as suas publicações. Por interação se entende “curtir”, comentar, compartilhar etc.
  • Tipo de conteúdo: o Facebook observou que certos tipos de conteúdo geram mais interação, e os mostra com maior frequência. Fotos, vídeos e links aparecem mais que uma simples publicação de texto.
  • Antiguidade: quanto mais recente for a sua publicação, mais provável que a mesma apareça. Sempre busque compartilhar as novidades mais importantes nos horários em que seus fãs interagirem mais. Existem inclusive estudos sobre quais são os melhores dias para publicar, de acordo com cada indústria. Por exemplo, para moda e vestuário as quintas-feiras e sábados são os dias mais efetivos; ao contrário de tecnologia, para a qual segunda e terça-feira funcionam melhor.

Você deve estar se perguntando sobre o que pode compartilhar. Aqui vão algumas ideias:

  • Pense nos interesses da sua audiência e compartilhe links ou posts de blogs relacionados a esses interesses. Se você tem um blog da sua marca, poderá divulgar seus próprios artigos (se ainda não, veja o nosso curso para criar um). Se, por exemplo, tem uma marca de vestidos para festas, poderá compartilhar artigos sobre as últimas tendências de moda para esse tipo de evento ou fotos de famosos e seus vestidos em grandes festas.
  • Se você tem uma loja virtual, compartilhe cupons de desconto exclusivos para seus fãs do Facebook. Compare com todas as promoções que já viu, lembrando-se de transmitir urgência indicando a data de finalização da oferta. Anuncie o lançamento de novos produtos ou benefícios.
  • Faça perguntas aos seus usuários. Essa é uma excelente estratégia para que seus fãs interajam com a sua página.
  • Certifique-se de fazer perguntas abertas, como por exemplo, quais novos produtos as pessoas esperam.
  • Lance concursos com prêmios atrativos, como por exemplo um dos seus novos produtos. Essa estratégia não só te ajudará com a sua atual base de fãs como também atrairá novos seguidores. Lembre-se de que no Facebook só é permitido realizar concursos através de aplicativos, e não diretamente em publicações da página. Para isso, você pode utilizar aplicativos como TheFanMachine.
  • Se você possui a Nuvem Shop, ative as publicações automáticas da loja virtual.

Por último, evite o SPAM. Antes de fazer alguma publicação, certifique-se se a mesma gera valor para os seus fãs. Não sendo assim, o melhor é evitá-la. Evite também divulgações contínuas dos seus produtos, afinal ninguém gosta de só receber ofertas.

3. Utilize as ferramentas publicitárias do Facebook

Depois de criar sua página e estabelecer uma estratégia de geração de conteúdo, você poderá aproveitar as soluções publicitárias do Facebook para amplificar a sua mensagem.

O Facebook Ads possui grandes possibilidades de segmentação de usuários, possibilitando limitar por quase qualquer tipo de informação presente no perfil. No entanto, começar a utilizá-lo nem sempre é fácil.

Para gerenciar as suas campanhas publicitárias, o Facebook oferece duas ferramentas: o Gerenciador de Anúncios, ideal para usuários que estão começando e administram campanhas pequenas, e o Editor Múltiplo (também conhecido como Power Editor), ferramenta análoga ao Editor do Ads e ideal para realizar mudanças em maior escala. É importante destacar que certas funcionalidades somente se encontram disponíveis através do Editor Múltiplo.

Como na maioria das plataformas publicitárias, existem três pontos que você precisa entender bem: os formatos de anúncios, as opções de segmentação de usuários e o custo dos seus anúncios. No entanto, qualquer que seja o formato de anúncios que você utilizar, recomendamos que sempre escolha o objetivo de conversões, o qual te permitirá conhecer o impacto do seu investimento publicitário no seu negócio e calcular o retorno sobre esse investimento.

Formatos de Anúncios no Facebook

Sobre os distintos tipos de anúncios, existem dois aspectos que você deve ter claros:

  • Onde se mostrará o seu anúncio;
  • Qual propriedade você deseja difundir. Pode ser o seu website ou sua fanpage, por exemplo.

Anúncios na Barra Lateral

Anúncio na lateral esquerda Facebook

Esses anúncios são compostos de um título de 25 caracteres, uma descrição de 100 caracteres e uma imagem de 100 x 72 pixels. Você poderá criá-los tanto a partir do Gerenciador de Anúncios como a partir do Editor Múltiplo.

  • Onde se mostrará esse anúncio: na barra lateral das diferentes páginas do Facebook, incluindo a seção de notícias (Newsfeed), os perfis e álbuns de fotos, entre outros.
  • Propriedade sendo difundida: pode ser utilizado para promover seu website, sua loja online, uma página no Facebook ou ainda aplicativos e eventos no Facebook.

Publicações promovidas

Publicações Relacionadas Facebook

Como mencionamos anteriormente, nem todos os seus fãs visualizarão as suas publicações. Se você deseja garantir que uma mensagem alcance a todo um segmento de usuários, poderá promover o post para maximizar o seu alcance.

Esse tipo de anúncio não tem nenhum formato em particular, porque o que se promoverá será a publicação que você já realizou.

  • Onde se mostrará o anúncio: na barra lateral das diferentes páginas do Facebook ou ainda dentro da seção de notícias (Newsfeed) dos seus usuários, junto com as publicações de seus amigos.
  • Propriedade sendo difundida: alguma das publicações da sua página do Facebook.

Histórias Patrocinadas

História Relacionada

São publicações que aparecem quando um usuário interage com a sua página (por exemplo, “curte” ou deixa algum comentário em alguma publicação). Se você deseja que os amigos desse usuário recebam a mesma história, poderá criar Histórias Patrocinadas ao fazer anúncios para a barra lateral ou de forma independente a partir do Power Editor

Assim como as publicações promovidas, o anúncio não tem um formato particular, pois ocorre a partir da interação com o usuário. Você poderá escolher o tipo de história que será compatilhada: de pessoas que gostam da sua página, gostam de alguma publicação da sua página ou comentam em publicações.

  • Onde o anúncio se mostrará: na barra lateral das diferentes páginas de Facebook e dentro da seção de notícias (Newsfeed) dos usuários.
  • Propriedade sendo divulgada: interações dos usuários com a sua página do Facebook e as suas publicações.

Ofertas

Ofertas no Facebook

O Facebook permite criar ofertas similares aos cupons de desconto que os seus usuários podem usar na sua loja virtual, loja física ou ambas. Você poderá, por exemplo, criar um cupom de desconto na Nuvem Shop de 25%, válido unicamente por um dia, e então fazer uma publicidade como uma oferta na rede social.

Esse anúncio é composto por um título de 90 caracteres, o qual deve ser bem atraente e transmitir a proposta de valor, e uma imagem de 90 x 90 pixels. Também é possível configurar a quantidade de usuários que poderão pedir pela oferta e a data da finalização da mesma.

Anúncios para celulares

Existe também a opção para anunciar em dispositivos móveis. Atualmente, você poderá configurar suas Publicações Patrocinadas, Histórias Patrocinadas e Ofertas para que sejam exibidas também nesses canais.

Aproveite que a Nuvem Shop oferece layouts responsivos que se adaptam a qualquer tamanho de tela ou use o aplicativo para Android e iOS e faça anúncios que levem diretamente para sua loja mobile.

Tome cuidado apenas com as imagens que escolher, pois muitas vezes o seu logotipo e as fotos dos produtos podem perder definição dependendo do dispositivo.

Opções de segmentação

A segmentação é um dos pontos mais críticos de qualquer estratégia de Marketing. De nada servirá ter o anúncio mais efetivo se o mesmo não se dirigir à audiência correta.

O Facebook apresenta opções de segmentação amplas e flexíveis, podendo direcionar anúncios segundo:

  • Localização geográfica: útil para investir o seu orçamento apenas naqueles usuários próximos de onde você oferece seus produtos ou serviços.
  • Idade: útil se o seu produto se dirige a um segmento etário.
  • Gênero
  • Conexões com determinadas páginas: por exemplo, usuários que estejam conectados com a sua página
  • Estado civil
  • Idioma
  • Educação
  • Empresa na qual trabalha
  • Interesses: essa é uma das formas de segmentação mais potente, permitindo direcionar anúncios segundo os gostos dos usuário. Existem duas alternativas: categorias amplas ou interesses específicos. Como indica seu nome, as categorias amplas são categorias predefinidas pelo Facebook, como esportes ou moda, que tipicamente costumam agregar um grande número de usuários. Por outro lado, os interesses específicos te permitem ser mais refinado e dirigir anúncios a pessoas que se interessem por temas específicos. O rendimento dos interesses específicos costumam ser superiores às categorias amplas, as quais sugerimos que você evite.
  • Remarketing: com essa técnica você poderá mostrar anúncios no Facebook para aqueles usuários que visitaram o seu website ou alguma página em particular. Por exemplo, poderá direcionar anúncios para aqueles que visitaram o seu carrinho de compras mas não finalizaram a operação. No entanto, essa técnica de orientação somente está disponível através de ferramentas de terceiros como AdRoll ou PerfectAudience.
  • Públicos personalizados (ou custom audiences): o Facebook permite que você tenha uma lista de endereços de e-mails ao quais decide mostrar os anúncios. A exibição acontecerá apenas se o usuário se registrou com o mesmo endereço, mas como a maioria das pessoas em nossa região possuem acesso a essa rede social, a probabilidade não é menor. Certifique-se de que a sua base de e-mails esteja atualizada e seja de boa qualidade. Essa funcionalidade está disponível somente através do Editor Múltiplo.

De todos os modos, lembre-se de que a melhor audiência para o seu anúncio não é a maior mas aquela que te permite maximizar as vendas com um bom retorno sobre o investimento. Por exemplo: se você tem uma marca de roupa, em vez de utilizar uma categoria ampla de mulheres que se interessam por moda, pode criar anúncios especiais para as mais jovens que gostam de festas e outro para senhoras mais direcionadas a eventos formais. Aproveite que o Facebook te permite ter esse nível de precisão em sua mensagem.

Custo dos anúncios

Quanto ao custo dos anúncios, há duas decisões que você deve tomar – em primeiro lugar, quanto você deseja investir na campanha. É possível escolher um orçamento diário (como U$10) ou ainda um valor fixo para investir em um determinado período (como por exemplo U$ 100 em um mês). Sugerimos que você use orçamentos diários já que te fornecem mais flexibilidade, podendo mudá-lo sempre que desejar.

Em segundo lugar, você deverá escolher quanto deseja pagar por cada anúncio. Aqui existem três alternativas:

  • Pagar por cada clique que os usuários fizerem (CPC): o ponto positivo é que você não paga para mostrar o seu anúncio e sim pelas interações dos usuários com eles.
  • Pagar por cada mil impressões (CPM): nesse caso você pagará sempre que mostrar o seu anúncio. Pode ser uma boa opção se você deseja maximizar a exposição da sua marca.
  • CPM otimizado: essa alternativa somente está disponível se você tem instalado o segmento de conversões. Utilizá-la no Facebook otimizará sua oferta para maximizar a quantidade de conversões no seu website.

Um erro comum é confundir o orçamento da campanha com a oferta do anúncio. Lembre-se de que essas variáveis são totalmente independentes. A primeira representa o teto do seu investimento, ou seja, quanto você está disposto a gastar. A segunda representa quanto você está disposto a gastar por um clique no seu anúncio.

Seja qual for a que você escolher, nunca gastará mais que o orçamento da sua campanha. Em um sistema de “leilão”, se você escolhe uma oferta muito baixa, seu anúncio dificilmente se mostrará, mas se escolher uma muito alta, certamente obterá poucos cliques. Para começar sugerimos que se mantenha na faixa do que te propõe o o próprio Facebook.

Por último, como sempre recomendamos neste blog, é fundamental medir os resultados de nossos esforços publicitários no Facebook. Para isso indicamos três estratégias: primeiro, instale o Google Analytics para saber o que acontece com o tráfego que chega a sua loja a partir do Facebook. Depois, utilize as estatísticas da sua página para conhecer mais sobre a sua audiência na rede social e o alcance da sua mensagem. Por fim, se você está publicando anúncios como já conversamos previamente, instale o segmento de conversões.

Quer continuar melhorando a sua presença nas redes sociais? Não perca o nosso curso online Como criar uma marca de sucesso no Facebook  e o e-book gratuito que preparamos sobre o tema:

Ainda não aproveita as vantagens de vender pela internet? Experimente a Nuvem Shop por 15 dias grátis.

Data da última atualização: 08/05/2018


O que você achou desse conteúdo?


Nuvem Shop

    guia-completo-de-marketing-para-o-facebook