06/01/2014

7 erros do e-commerce que fazem perder vendas na sua loja online

Não perca vendas na sua loja online

Já sabemos que ter uma loja online é uma experiência muito interessante e uma oportunidade incrível para o seu negócio. E embora a internet traga várias possibilidades para captação de novos clientes que uma loja física não possui, existem erros que podem fazer com que você perca vendas e, em consequência, dinheiro.

Se você está pensando em investir no e-commerce ou já o faz mas deseja ampliar o crescimento da sua marca, confira os 7 principais erros dos lojistas e saiba como evitá-los para melhorar a experiência dos seus clientes.

1. Não elaborar nomes e descrições de qualidade para os seus produtos

Muitas vezes, vemos lojas virtuais que utilizam nomes fantasia e números como título dos seus produtos, ou ainda não completam a descrição de cada item. Essas duas atitudes podem fazer com que o cliente não compreenda o que é o produto, mesmo que seja exatamente aquilo que ele estava buscando.

Além disso, ter nomes e descrições completas é importante para que os mecanismos de busca (como o Google e o Bing) possam compreender o que você está vendendo. Assim, se alguém procurar pelo seu produto no buscador, ele vai aparecer nos resultados.

Sendo atingir visibilidade nos primeiros resultados de busca uma das principais tarefas de quem empreende online, você tem que pensar muito bem nos nomes dos seus produtos e também colocar descrições criativas.

Nome do produto

É importante que você leia o título e consiga compreender o que é o item.  O nome “Pink”, por exemplo, não explica o produto, mas “Sapato Pink” sim – pelo mens sabemos que é um sapato. Esse nome também vai contribuir para a visibilidade da sua loja quando os clientes buscarem por “Comprar sapatos”, podendo fazer com que o Google mostre sua página entre os resultados.

Descrição do produto

As descrições de seus itens devem ser diferentes das de outros sites. Nunca copie e cole conteúdo de outras páginas, pois isso fará com que os buscadores tirem a sua loja dos resultados de pesquisa, pensando que ela é simplesmente uma cópia de outro site. Uma descrição com boas palavras-chave, no entanto, pode deixá-la entre os primeiros links.

2. Não fazer marketing online

Se você já tem uma loja física, com certeza sabe que abrir o negócio não é a única coisa a ser feita para começar a gerar vendas. Também é preciso desenvolver estratégias para captar o interesse dos clientes e fazer com que eles queiram visitar a sua loja.

No e-commerce, o desafio é similar: sempre temos que nos lembrar de que o tráfego não vai se gerar sozinho. Portanto, é fundamental criar canais para adquirir consumidores em potencial, que podem ser gratuitos ou pagos.

Canais gratuitos

Tire proveito das redes sociais como Facebook, Twitter, Instagram e Pinterest, que têm um grande potencial de engajamento. Além disso, desenvolva marketing de guerrilha, que ajuda a gerar clientes com pouco investimento, e estratégias de SEO, para melhorar a presença da sua loja nos resultados de busca – nosso curso sobre o assunto pode ajudar.

Canais pagos

A opção principal para gerar tráfego para seu site investindo um pouco de dinheiro é o Google Ads. Com a ferramenta, é possível associar palavras-chave de busca aos seus produtos, fazendo com que eles fiquem mais visíveis nos resultados quando alguém pesquisar pelos termos. Assim, você garante que sua loja virtual será apresentada para pessoas interessadas.

Para complementar suas ações no Google Ads (que você pode aproveitar melhor com as dicas do nosso curso), também vale a pena desenvolver campanhas no Facebook promovendo seus melhores produtos e talvez até anunciar com o Facebook Ads.

3. Não utilizar fotos profissionais e atrativas

No e-commerce, a fotografia é o mais importante. Em uma loja física os clientes podem enxergar todos os detalhes dos produtos, e essa é exatamente a mesma experiência que eles querem ter em uma loja virtual.

Portanto, tirar boas fotos dos seus produtos é uma ótima oportunidade para passar a confiança de que o cliente precisa para concretizar a compra. Em lojas de moda, por exemplo, além de imagens em que se possa conferir os detalhes das peças, é interessante mostrar pessoas vestindo cada uma.

4. Não comunicar os custos de frete

Uma pesquisa realizada pelo blog Invesp constatou que 44% dos carrinhos de compra de e-commerces são abandonados por causa do custo de frete – e, por sua vez, 22% deles porque o valor não é comunicado corretamente.

Por isso, é fundamental informar de forma clara os custos de envio da sua loja. Se possível, vale a pena até mesmo oferecer frete grátis para algumas regiões ou em compras acima de determinado valor.

Além disso, disponibilizar diferentes soluções de envio (como PAC ou SEDEX) também pode ajudar bastante, pois o cliente terá a possibilidade de escolher se quer pagar menos e demorar um pouco mais para receber seu produto ou não.

A Nuvem Shop já possui integração com os Correios para oferecer frete para os seus clientes e deixar que eles escolham entre PAC, SEDEX ou quaisquer outras opções que você queira incluir.

5. Não responder dúvidas dos clientes

Se você dissesse a alguém que iria abrir uma loja física sem nenhum vendedor para atender aos clientes, provavelmente não receberia aprovação. Com uma loja virtual acontece a mesma coisa: sempre temos que ter alguém para fazer o atendimento.

Para conquistar a satisfação do seu público, é essencial disponibilizar meios de contato como e-mail e telefone em um local bem visível ou de fácil acesso em sua página. Você pode, por exemplo, incluir um formulário de contato ou até mesmo configurar um chat online para atender ao seu consumidor em tempo real.

6. Não investir no mobile

O uso de smartphones e tablets aumenta a cada dia no Brasil e no mundo, e isso faz com que as pessoas utilizem menos o computador para buscar os produtos e serviços que desejam. E, mesmo que muitas compras ainda sejam feitas pelo desktop, na maioria das vezes os consumidores checam o e-commerce pelo celular antes.

Se a sua loja virtual não estiver otimizada para dispositivos móveis, você perderá um grande número de clientes em potencial. Portanto, é fundamental buscar um layout responsivo, que seja visualizado da maneira mais adequada para cada tamanho de tela.

Com a Nuvem Shop, além de contar com essa tecnologia “adaptável” em seu site, você também pode adicionar produtos e gerenciar suas vendas a partir do celular sem qualquer custo a partir do aplicativo Nuvem Shop Mobile.

7. Não vincular sua loja física com a virtual

Para alguns vendedores, a loja virtual é um meio alternativo à loja física. Porém, embora sejam diferentes canais, é possível integrá-las em ações conjuntas para conquistar mais clientes e aumentar as vendas.

Para os clientes que realizam uma compra na loja física, por exemplo, você pode oferecer cupons de desconto para serem utilizados na loja virtual. Assim, eles conhecerão o seu site e poderão voltar a ele no futuro.

Entendido?

Muitos destes sete erros são bem simples de serem evitados. Você não precisa ter tudo resolvido desde o começo, mas é importante enxergar todos os pontos a serem melhorados, prever os possíveis problemas e estar preparado para tomar as decisões corretas.

Não se esqueça, contudo, do ponto crucial: escolher uma plataforma completa, confiável e intuitiva para o seu negócio. Crie seu e-commerce no Brasil com a Nuvem Shop e aproveite!

Data da última atualização: 29/08/2018


O que você achou desse conteúdo?


José Abuchaem

José é cofundador e diretor de marketing da Nuvem Shop. É apaixonado por educação e por videogame.


    7-erros-do-e-commerce-que-fazem-perder-vendas-na-sua-loja-online