08/05/2018

10 dicas de e-mail marketing para vender mais no Dia das Mães

email marketing para dia das maes

O e-commerce é um mercado cada vez mais forte no Brasil e no mundo, sendo considerado essencial para o sucesso das marcas que querem se comunicar com o público. Entre as diversas opções de comunicação no comércio eletrônico, temos o e-mail marketing – um dos canais mais eficazes que existem, contrariando a ideia de que ele está “ultrapassado”.

A efetividade do e-mail marketing se justifica porque o diálogo virtual é fundamental para um bom relacionamento entre empresa e cliente. Além disso, ele é uma ótima ferramenta para aumentar o seu faturamento, já que os consumidores são bem mais ativos na internet.

Como o Dia das Mães está próximo, listamos abaixo 10 orientações para utilizar o e-mail marketing de forma assertiva e obter bons resultados nessa data tão importante para o mercado como um todo.

É relevante lembrar que a maioria das compras feitas virtualmente são causadas por um impulso, ou seja, quanto melhor e mais persuasivo seu texto for, mais chances de vendas você tem.

Primeiramente, é necessário usar uma estratégia básica de qualquer planejamento de comunicação no e-mail marketing: o foco no seu tipo de cliente e no que você pode fazer para ajudá-lo a resolver um problema.

Quem você quer atingir com o seu e-mail marketing voltado para o Dia das Mães? Seu foco são os filhos e netos ou as mães? Quem você quer que faça a compra? Responder a essas perguntas antes das próximas dicas é fundamental para ter a base correta de como utilizar as ferramentas de maneira assertiva.

Mesmo sendo tentador enviar dezenas de conteúdos todos os dias mostrando a variedade de produtos e serviços que você tem, essa é a pior coisa que uma empresa pode fazer em termos de afastar o público para longe.

A partir do momento em que o cliente sente que sua privacidade está sendo invadida pelo seu negócio e por suas mensagens, já era. Ninguém gosta de ser importunado várias vezes, portanto, use o equilíbrio a seu favor.

Há inúmeros benefícios em apostar nesse tipo de comunicação digital, mas a principal vantagem do e-mail marketing é que o investimento financeiro para o sucesso da estratégia é mínimo, pois o maior recurso que você irá precisar é o tempo para criar os conteúdos que serão enviados.

No entanto, a empresa tem que saber a maneira correta de desenvolver esse relacionamento. Assim, invista nessa área com os passos a seguir:

1. Foco no assunto

Depois de definir a persona, o primeiro passo é fazer com que o seu público se interesse o suficiente para abrir a mensagem. Ele só irá ler o conteúdo e comprar de você se o assunto for interessante o bastante.

É importante que você também tome cuidado com o tamanho do título para que apareça de forma integral na caixa de entrada do destinatário. Além disso, trabalhe bem a primeira linha da sua mensagem, ela é uma das primeiras coisas que o usuário verá juntamente com o remetente e o assunto.

Na maioria das vezes, principalmente quando se trata de chamadas, menos é mais. Tome cuidado com o sensacionalismo. As pessoas têm uma grande tendência a rejeitar títulos apelativos, então, mesmo que o exagero as faça abrir o e-mail por conta da curiosidade, é questão de tempo para que parem de lê-lo assim que perceberem que o conteúdo é desconexo com o título.

Caso isso aconteça, o seu esforço terá sido em vão. A saída é usar a criatividade para encontrar maneiras de anunciar e chamar a atenção do cliente, sem afastá-lo.

Vale lembrar que, nessa data comemorativa, a maioria das compras não são feitas pelas mães e, sim, pelos filhos. Bons exemplos de títulos são: “Nós queremos fazer a sua mãe feliz”, “Demonstre o seu amor para a sua mãe”, “Sua mãe merece o melhor”. Como o Dia das Mães é uma data ligada à família, usar uma pegada emocional é uma ótima ideia para conquistar o seu lead.

2. Não divida a atenção do usuário

Os usuários estão cada vez mais ocupados, sendo a checagem de e-mails uma pequena parte de suas rotinas corridas. Muitas vezes, as pessoas olham as mensagens durante um intervalo em meio a várias tarefas que exercem, portanto, não fale sobre diferentes assuntos no mesmo texto. É fundamental que o objetivo definido no início do planejamento de marketing seja o ponto central até o fim.

Se uma marca está mandando um e-mail com promoções de perfume para as mães, dias antes da data comemorativa, por exemplo, ela não deve falar de descontos e novidades nas seções de roupas, brincos e sapatos, para não sobrecarregar o cliente de informações que possam atrapalhar a compra final.

Caso a empresa divida a atenção do público, correrá o risco de distraí-lo com algo que não é o foco naquele momento e, consequentemente, perderá uma venda. Esse é um erro bastante comum cometido por vários e-commerces. Tenha atenção e não o repita.

3. Use pessoas “reais” como remetentes

Você sabia que existem pesquisas sobre isso? A taxa de abertura de e-mails aumenta quando o envio das mensagens automáticas é feito através de pessoas “reais”, como seunome@seudominio.com.br, ao invés de newsletter@seudominio.com.br.

O fato de usar o próprio nome no e-mail do empreendimento traz confiança e intimidade para o usuário, pois ele está acostumado a interagir com pessoas comuns no seu dia a dia. Querendo ou não, ainda há uma distância brusca na comunicação entre marca e consumidor.

E se tratando do Dia das Mães, como já dissemos, o lado emocional pode pesar bastante na hora de chamar a atenção dos seus contatos. Imagine só eles receberem um e-mail diretamente de um dos funcionários ou até mesmo do dono da empresa com uma grande oferta – incrível, não?

4. Construa uma relação com o usuário

As pessoas não gostam de e-mail de vendas por serem mais “frios” e impessoais. Cabe a nós a capacidade de quebrar essa ideia pré-formada. O objetivo do profissional de marketing voltado para a comunicação digital é criar um vínculo com os usuários, de forma que a empresa seja vista como a solução para seus problemas.

Além disso, a relação próxima traz sentimentos de afeição e carinho do cliente para com a marca, transformando-o de um consumidor simples a um fã. Ou seja, é ideal ter um relacionamento sério e duradouro para que a venda seja realizada muito mais rápido.

Imagine um e-mail, por exemplo, que traz dicas incríveis de programas para se fazer no Dia das Mães e, ao final, uma oferta sutil de um produto que pode tornar esses passeios ainda melhores – irresistível, não acha?

5. Ofereça conteúdos diferentes

Como você já sabe muito bem, o produto ou o serviço não se vende por si só. Isso quer dizer que além de construir uma relação com o cliente, também é preciso criar conteúdos que tenham a ver com o que você vende e que interessem aos usuários.

Mencionamos no início do artigo que o Dia das Mães é uma data afetiva, portanto, conteúdos como “Esses produtos/serviços farão a sua mãe sorrir neste domingo” são uma ótima aposta. Ofereça descontos especiais e produções que tragam engajamento, como quizzes, dicas e perguntas.

6. Crie um cronograma de envio

Falamos no início do artigo que a primeira coisa a não se fazer é exagerar na quantidade de e-mails enviados para os clientes, logo, essa próxima etapa é de extrema importância para botar em prática o planejamento. A média de envio é de três por semana, o que é um bom equilíbrio, pois a marca não passa muitos dias sem dar notícia para os consumidores.

A grande questão é que as empresas não podem correr o risco de serem esquecidas pelos usuários, por isso, precisam também definir um cronograma de conteúdo, conhecido como “linha e calendário editorial”. O que falar? Como falar? De que forma? Quando? Quais os melhores temas para trazer o interesse do público? Como repassar os conhecimentos próprios sobre os assuntos específicos?

Essas são as perguntas que devem ser respondidas na organização das pautas a serem tratadas no e-mail marketing.

7. Interaja com os leitores

A comunicação não é mais uma via de mão única há muito tempo, principalmente hoje em dia, em plena era das redes sociais. As pessoas querem participar, interagir, conversar, trocar informações com os seus seguidores e, por conseguinte, com as marcas.

Existem duas vantagens nessa necessidade específica do marketing 4.0: criar uma relação entre marca e cliente e evitar uma grande barreira para quem utiliza o e-mail marketing, o chamado spam.

Quando um consumidor retorna a sua mensagem, o sistema do e-mail entende que você é interessante, ou seja, seus próximos contatos irão direto para a caixa de entrada do usuário.

Não deixe, então, de fazer perguntas, enquetes e outras coisas para gerar engajamento. Essa é uma ótima tática para que as suas mensagens sejam entregues antes do Dia das Mães e não caiam erroneamente na aba de “Promoções”.

8. Desenvolva o seu texto de forma persuasiva

Persuasão é um dos pontos mais básicos da propaganda. Mesmo com o usuário tendo uma força de vontade extra de participação, ele ainda precisa ser seduzido pela sua marca. Você é responsável pela venda ou não-venda do seu produto ou serviço, por isso, não tome o público como certo na hora de se comunicar.

Ele precisa ser chamado sempre, não importa o nível de interesse que possui. Se você oferece um perfume, não fale apenas isso: as pessoas querem “ter o poder de ser quem são”, e o seu perfume (e comunicação) devem proporcionar essa sensação.

Invista nessa linguagem combinando com a sua criatividade estratégica. Você com certeza vai se destacar na multidão de marcas por aí – e se diferenciar da concorrência é essencial nessas épocas do ano.

9. Cada contato é especial

Todo mundo gosta de ser tratado de maneira especial, de ser chamado pelo nome, receber perguntas, descontos e ter preferência. Até nós, que somos da área da comunicação, temos apreço a algumas marcas devido a esses pontos diferenciais quando somos atendidos.

Sabendo disso, é imprescindível se aproximar dos clientes de forma sutil, contudo, é humanamente impossível dar atenção para cada um deles, afinal, as marcas possuem milhares de pessoas na lista de contatos.

A boa notícia é que existem ferramentas para fazer isso, acompanhe no próximo e último passo abaixo.

10. Automatize seu serviço

Para realizar todos os passos acima de forma certeira, você precisa dos contatos das pessoas que estejam interessadas no que você oferece. Isso pode ser conquistado através de formas orgânicas, por exemplo – como divulgações da sua marca em redes sociais e no seu site.

O segredo para manter o equilíbrio entre possuir milhares de contatos e realizar um diálogo mais íntimo e específico com cada usuário é fazer uso de ferramentas de automação, que permitem que você consiga demonstrar para os leads que cada um deles é especial.

Sem a automatização, seria inexecutável cuidar de todos, pois na lista de contatos de uma empresa existem tipos diferentes de pessoas com centenas de gostos específicos que não conversam entre si.

No fim, a marca acabaria perdendo tempo e dinheiro ao enviar um e-mail sobre maquiagem para alguém que nunca teve interesse no assunto. É muito mais fácil e lógico focar cada conteúdo para cada grupo certo e assim tirar o planejamento do papel com sucesso.

Além disso, também é possível programar os e-mails para serem enviados em determinados dias da semana e em formatos característicos: vídeos nos domingos, dicas nas segundas, novidades nas quartas, por exemplo.

Não se esqueça que a linha tênue entre spam e oferta tentadora é o interesse real do usuário, ou seja, quanto mais otimizada a sua estratégia for, mais resultados relevantes você conseguirá no Dia das Mães e ainda terá mais tempo para se dedicar a atividades mais importantes, como a embalagem das entregas e presentes. Gerenciamento é primordial!

E aí, curtiu as dicas? Esperamos que tenha gostado e te desejamos boas vendas!

Data da última atualização: 04/05/2018


O que você achou desse conteúdo?


Portal Digaí

O Digaí é um portal que oferece conteúdo de qualidade nas áreas de marketing e empreendedorismo digital. Seu público é formado por profissionais e empresários interessados em gerar resultados concretos com a Internet e as mídias.


    10-dicas-de-e-mail-marketing-para-vender-mais-no-dia-das-mes