16/05/2016

Como usar os relatórios do Google Analytics para tomar decisões de negócio

Relatórios de e-commerce

O Google Analytics é uma ferramenta fundamental para melhorar os resultados do seu comércio eletrônico. Com ela, você pode responder perguntas fundamentais para definir estratégias, implementar melhorias e acompanhar os principais indicadores do seu site.

Quais os controles essenciais do Analytics?

Para aprender a usar os relatórios do Google Analytics, é essencial que você saiba quais recursos estarão à sua disposição. Além dos próprios diagnósticos – que podem ser de Aquisição, Audiência, Comportamento e Conversões, por exemplo -, há outros aspectos importantes, como segmentos (possibilita a seleção de comparações como visitas por dispositivos móveis e desktop, novos visitantes e visitantes recorrentes etc) e data (permite a escolha do período a ser analisado).

Para aprender mais sobre os controles, basta acessar a legenda do Google Analytics.

Quais são os relatórios mais importantes no Analytics?

O Analytics é muito poderoso e há risco de você se perder no meio de tanta informação. Por isso, sugerimos que comece por alguns relatórios básicos, mas muito úteis:

Público-alvo

Serve para que você entenda as características das pessoas que visitam seu site.

Use este relatório para responder às seguintes perguntas:

  • Como as visitas ao meu site estão evoluindo?
  • Como está se comportando a taxa de rejeição (pessoas que acessam a loja e saem sem terem visto uma única página)?
  • Quantas páginas em média cada visitante acessa?

Aquisição

Serve para identificar a origem dos usuários do site e entender como eles se comportam de acordo com cada canal.

Use este relatório para responder às seguintes perguntas:

  • Quais são os canais de maior tráfego?
  • Há diferenças significativas entre os comportamentos de cada canal?
  • Quais canais estão gerando as maiores vendas ou o cumprimento de mais metas?
  • Há algum que gere muitas vendas com pouco tráfego ou vice-versa?

Conversões e metas

Permite que você verifique se as metas configuradas no Google Analytics estão sendo cumpridas.

Use este relatório para responder às seguintes perguntas:

  • Qual a porcentagem de conversão das metas e como isso está evoluindo?
  • Há alguma meta com resultados melhores que outras?.

Conversões e comércio eletrônico

É bastante útil para acompanhar as vendas do seu negócio.

Utilize-o para responder às seguintes perguntas:

  • Qual a porcentagem de usuários que acessa o site e realiza uma compra (ou seja, a taxa de conversão do seu e-commerce)?
  • Qual o valor médio de cada pedido e o preço médio dos produtos?
  • Quais as mercadorias com maior movimento e sua porcentagem representada nas vendas?

Como incorporar o Analytics na rotina do meu negócio?

A maior vantagem do Google Analytics é torná-lo parte da sua rotina de negócios e usar a análise de dados para tomar decisões, fazendo disso um hábito.

Como isso pode parecer difícil e a quantidade de dados oferecida pelo Analytics confunde um pouco quem está começando a utilizá-lo, sugerimos o seguinte: durante três meses, foque-se em usar a ferramenta de forma a completar a tabela abaixo (scorecard).

Scorecard Google Analytics
“Var vs MA: Variação do último mês x mês anterior (Jan-16 x Dez-15)”
“Var vs AA: Variação do último mês x mesmo mês do ano anterior (Jan-16 x Jan-15)”

No exemplo anterior houve uma campanha de publicidade muito agressiva durante dezembro de 2015. Veja qual seria a melhor forma de analisar a situação e definir um plano de ação:

  1. Em janeiro foram realizadas 76 transações. Foi uma queda de 47% em relação ao mês anterior, mas representou um crescimento de 46% em relação ao mesmo mês do ano anterior.
  2. A queda nas vendas foi consequência de uma redução das visitas ao site (-10,9% em comparação com o mês anterior), mas principalmente também de uma queda na porcentagem de conversões (que passou de 1,3% em dezembro a 0,8% em janeiro).
  3. O 1,3% de conversão em dezembro foi um dos mais altos do ano, influenciado pela agressividade das campanhas.
  4. A taxa de rejeição chegou a 51%, valor mais alto em 12 meses, e a quantidade de páginas por sessão diminuiu.

Com essa informação e sua análise, poderíamos montar o seguinte plano de ação:

  1. Monitorar a porcentagem de conversão de fevereiro para ver se está proporcional à média anterior ou se o resultado ruim de janeiro se deve apenas ao impacto das férias.
  2. Refletir sobre o bom resultado das campanhas de dezembro e analisar quais poderiam se repetir durante o ano de forma permanente.
  3. Se a porcentagem de conversão continuar baixa, fazer uma campanha nas redes sociais para aumentar a quantidade de visitas ao site.
  4. Revisar os links da loja virtual para detectar algum problema e criar novos banners para as categorias de produtos a fim de reduzir a taxa de rejeição e aumentar a quantidade de páginas por sessão.

Se quiser baixar a planilha do Excel com o painel de controle (em espanhol), basta clicar aqui.

Tudo certo?

O Google Analytics oferece um mundo de dados para acompanhar e tomar decisões a favor do seu negócio. Dedique-se a fazer uma análise básica primeiro e depois confira os relatórios mais complexos.

Depois de adquirir essa prática, você poderá atingir uma profundidade maior e aproveitar todos os recursos do Analytics. Caso ainda não tenha uma loja virtual, experimente a Nuvem Shop por 15 dias grátis e usufrua de uma plataforma intuitiva e completa.

[Atualizado em 30/01/2018.]

Data da última atualização: 29/08/2018


O que você achou desse conteúdo?


Martín Cabrera

Martin é Engenheiro Industrial, empreendedor em série e diretor da O2 - Energia digital, na qual ajuda empreendedores e marketers a implementar estratégias concretas de marketing digital, Facebook e comércio eletrônico.


    como-usar-os-relatrios-do-google-analytics-para-tomar-decises-de-negcio