Como gerenciar o estoque e o envio de produtos importados aos clientes

Por: Renata Estevo
Como gerenciar o estoque e o envio de produtos importados aos clientes

Um bom planejamento de estoque é essencial para quem trabalha com importações, seja via dropshipping ou na forma direta. Isso porque um mau gerenciamento pode causar problemas de reposição dos itens vendidos.

O caso é agravado quando ocorre a venda de produtos que estão em falta no estoque, pois o abastecimento e envio das mercadorias demorarão um tempo maior pelo fato de o fornecedor não estar no Brasil.

Neste caso, se o seu cliente não puder ou não quiser esperar ele poderá cancelar o pedido e pedir o estorno, processo que é conhecido como chargeback. Porém, quando ocorrido, o chargeback pode gerar uma má reputação para o seu negócio, já que os compradores não receberão o produto solicitado.

Por isso, se você trabalha com estoque próprio, esteja sempre atento e mantenha o cadastro de produtos atualizado, alterando-o sempre que houver vendas.

O indicado é que você não deixe muitos produtos de uma vez com o status de esgotado na loja; isso pode desincentivar os visitantes a comprar no seu e-commerce. Para evitar essa situação, basta fazer um controle dos itens com poucas unidades em estoque e antecipar-se solicitando reposição junto ao seu fornecedor.

Se você trabalha com dropshipping, deverá fazer esse acompanhamento da mesma forma. Combine com seu fornecedor e peça para que ele, periodicamente, envie informações sobre a quantidade de unidades disponíveis para os produtos que você vende na sua loja online.

É importante estabelecer na sua loja os prazos de entrega dos produtos para trazer mais tranquilidade ao consumidor no momento da compra. Após enviado o produto, lembre-se sempre de informar ao comprador o código de rastreio.

Se o item foi vendido no formato dropshipping, o código de rastreio será informado pelo fornecedor e a partir daí seu cliente poderá acompanhar a entrega. Esse processo geralmente ocorre da seguinte forma:

  1. Data do pedido;
  2. Data que o fornecedor estrangeiro postou a encomenda;
  3. Data que a encomenda saiu da origem;
  4. Rebebimento pelos Correios no Brasil;
  5. Entrega na casa do seu cliente.

Se você já possui os produtos importados em estoque, logo após a confirmação de pagamento deverá embalá-los e levá-los até a agência dos Correios mais próxima. Um código de rastreio será fornecido pelo funcionário da agência e você deverá enviá-lo ao seu cliente para que ele acompanhe a entrega pela página de rastreamento.

Lembre-se que os Correios entregam mercadorias de até 30 quilos e com a soma das medidas de até dois metros. Caso seu item ultrapasse essas dimensões, você deverá contratar uma transportadora para entregá-lo. A Nuvemshop trabalha com a transportadora JadLog; com ela, é possível enviar encomendas com medidas superiores às dos Correios. 

Resumo

Ficar atento ao baixo estoque dos produtos oferecidos na sua loja virtual, estabelecer prazos de entrega e informar os códigos de rastreio corretos são os principais pontos para que você tenha um bom gerenciamento de estoque e envio de mercadorias. Aplicando essas boas práticas, você certamente conseguirá reduzir os casos de estorno e cancelamento de pedidos.

Se você já possui uma loja online com a Nuvemshop, basta cadastrar as medidas e o peso corretos do produto e o frete será calculado automaticamente para seu cliente, facilitando a postagem do mesmo. Se você ainda não possui um e-commerce conosco para vender seus itens importados, aproveite e teste nossa plataforma por 15 dias grátis.

Ganhe tempo e receba conteúdos da Nuvemshop no seu e-mail Ganhe tempo

Receba semanalmente uma curadoria dos melhores conteúdos sobre Marketing, Vendas, Gestão e E-commerce diretamente no seu e-mail.

Faça como +30mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Nossa resposta ao Coronavírus

Conheça a iniativa #TamoJunto. Todas as ações que estamos criando aqui na Nuvemshop para te ajudar neste momento.

Conhecer a #TamoJunto