Como funciona o ranking de anúncios do Google AdWords

Subir no ranking do Google AdWords

No post anterior nós explicamos como você pode pagar pelos anúncios feitos no Google AdWords e ensinamos a calcular o CPA e o CPC ideais para o seu negócio. Hoje é a vez de falar sobre o ranking dos anúncios. Como é feito o cálculo que vai definir quem aparece no topo do buscador? Como fazer para minha publicidade ficar bem posicionada? Veja abaixo:

Onde os anúncios do Google AdWords aparecem?

Como já explicamos anteriormente, os anúncios pagos aparecem no topo do Google quando uma busca é feita – e também na barra da direita. Observe:

Como funciona o ranking de anúncios do Google

Os primeiros resultados, segundo pesquisas, têm muito mais chances de serem clicados do que os resultados orgânicos (entenda a diferença entre SEM e SEO), portanto, é ideal que o seu anúncio esteja bem posicionado, ou seja, ou entre os três primeiros ou na barra da direita. Essa visibilidade certamente direcionará mais tráfego para a sua loja/site – e possivelmente mais vendas.

Dê uma olhada no gráfico e entenda por que é essencial estar no topo:

Onde as pessoas clicam no Google

Quais anúncios aparecem primeiro?

Antigamente, quem pagava mais pelo anúncio tinha um ranking melhor. Essa estratégia beneficiava as grandes empresas e seus recursos de marketing infindáveis. Com o tempo, o Google percebeu que isso prejudicava muita gente e passou a considerar outros fatores para qualificar as publicidades.

Atualmente, o Google considera o CPC máximo (maior valor que você está disposto a pagar por cada clique), o índice de qualidade (uma estimativa da relevância e utilidade dos anúncios, palavras-chave e página de destino do site) e o impacto esperado das ad extensions e formatos de anúncios para escolher as publicidades que aparecem no topo. Esses três fatores formam o Ad Rank. Aprenda mais sobre o Ad Rank com este vídeo:

Com base nesses fatores, quanto maior for o ranking do seu anúncio, mais chances ele terá de aparecer entre os três primeiros colocados do buscador ou na barra da direita. Lembre-se sempre de ter lances competitivos e de ser bastante descritivo nos seus anúncios e palavras-chave.

É fundamental que a sua publicidade direcione para uma landing page (página de destino) que tenha o que o usuário está procurando. Desta forma, se você vende sapatos de couro e o seu anúncio direciona para uma landing page que tenha sapatos de couro, isso contará positivamente para o seu índice de qualidade.

Por fim, tenha em mente que quanto maior for o seu índice de qualidade, menos você pagará pelo clique, ou seja, seu CPC real será menor.

Como saber o ranking médio dos meus anúncios?

É possível saber o posicionamento médio dos seus anúncios a cada busca que é feita no Google. Para isso, siga os seguintes passos:

  1. Faça login na sua conta do Google AdWords;
  2. Clique na guia “Campanhas” na parte superior;
  3. Encontre a coluna “Pos. méd.” na tabela de estatísticas. Caso sua tabela esteja sem essa coluna, adicione ela em “Colunas”, que fica na barra de ferramentas logo acima da tabela de estatísticas.

Como funciona o ranking de anúncios do Google

Resumo

No post de hoje nós entendemos como funciona o ranking de anúncios do Google AdWords, qual é o critério da ferramenta para escolher as publicidades que aparecem no topo e como saber o posicionamento médio desses anúncios. Tem alguma dica ou experiência que queira compartilhar conosco? Comente na caixinha abaixo!

Até a próxima!


O que você achou desse conteúdo?


Bruno Fernandes

Bruno é jornalista e responsável pela estratégia de conteúdo do blog e da Universidade do E-commerce da Nuvem Shop. É viciado em esportes, sobretudo basquete, e assiste 500 séries de TV ao mesmo tempo.


como-funciona-o-ranking-de-anncios-do-google-adwords