28/06/2016

Como dominar seu nicho de mercado conhecendo a fundo sua audiência

Como conhecer audiência do seu blog

Você pode afirmar com certeza que conhece bem sua audiência? Sabe quem são seus leitores, qual sua faixa etária, sexo ou seus gostos e preferências?

Se sim, parabéns! Saiba que você já está no caminho certo para conquistar seu espaço no concorrido mundo da internet. Se ainda não têm a menor ideia, mas já consegue entender a importância desse quesito para o crescimento do seu negócio digital, então esse artigo é para você!

Você pode produzir conteúdo baseado em seus gostos e preferências, mas fique atento: isso não significa que essa seja a melhor coisa a se fazer, a não ser que você esteja muito mais interessado(a) em produzir conteúdo só para sua apreciação.

Precisamos ser realistas: quem deseja conquistar um público engajado precisa levar em consideração o que essas pessoas buscam em suas pesquisas na internet.

Sem oferecer um conteúdo que resolva dúvidas, mate objeções ou divirta uma certa quantidade de pessoas, você pode escrever em seu próprio diário. Não precisa de um blog!

Entenda de uma vez por todas: seu blog ou site não deve ser sobre você, mas sim sobre o conteúdo que sua audiência gostaria de ouvir vindo de você. E, sim, há uma enorme diferença!

Outro erro bastante comum: produzir conteúdo igual a todos os outros blogs e sites de seu mercado e esperar se destacar.

Seus leitores não serão iguais aos de todos os outros leitores de seus concorrentes

Então, porque você deveria produzir um conteúdo igual para todos? Tentar atender a todas as necessidades e desejos?

Como começar a definir seu público-alvo, então? Se já tiver uma base de e-mails significativa, com mais de mil pessoas, você pode simplesmente perguntar. Faça uma pesquisa com seus leads para entender melhor como você pode engajá-los ainda mais.

Caso não seja esse seu caso, pense para que tipo de público você gostaria de escrever. Pesquise seu mercado, os leitores de outros blogs do mesmo nicho e seus comentários. Use um pouco da sua imaginação também para complementar os dados que você não conseguir coletar.

Vamos supor que você pesquisou sua audiência ou a da concorrência e chegou a esses dados: “mulheres entre 20 e 30 anos, moradoras da região Sudeste e com média de salário de cinco mil reais”. Pronto: já temos uma vaga ideia de quem pode fazer parte de sua audiência.

No entanto, ainda não é suficiente para saber, com tranquilidade, que tipo de conteúdo essas mulheres procuram na internet e nem a melhor forma de se comunicar com elas. É um começo, mas ainda vago…

Para que o exercício funcione ainda mais, imagine quem seria “a leitora ideal”, aquela que sentiria uma forte conexão com você, que se identificaria com seus valores e que gosta de consumir tudo que você produz pois parece que foi feito sob-medida, especialmente para ela.

Vamos começar a desenhar o seu avatar. O avatar não é uma pessoa real, mas sim um conceito: a reunião de várias características de um segmento ou nicho em uma descrição do cliente ideal.

Comece com essas perguntas para começar a definir ou descobrir quem é seu público-alvo:

  • Onde mora? Detalhe país, estado, cidade e até bairro;
  • Quantos anos ele(a) tem?
  • Sexo;
  • Classe social;
  • Grau de instrução;
  • Renda;
  • É casado(a)? Tem filhos?

Como se comporta?

  • Pratica esportes? É sedentário?
  • Tem o hábito de ler?
  • Viaja para o exterior? Não viaja?
  • Religioso? Ateu?
  • Qual tipo de assunto procura em buscas na internet?
  • Qual o nível de conhecimento ele(a) tem do mercado em que atuo/pretendo atuar?

Como consome informação?

  • Pela internet?
  • TV?
  • Jornais e revistas?
  • Quem influencia suas decisões de compra?
  • Compra pela internet?

E mesmo assim, apenas esses dados demográficos, geográficos e comportamentais não são suficientes para que você descubra o que faz ou faria seu público comprar de você e não de seu concorrente. A definição da persona ideal precisa ser o mais específica possível. Somente desta maneira apresentará valor real para seu negócio.

Algumas empresas se preocupam tanto com essa construção perfeita que dão nomes e constroem uma verdadeira história de vida para essa figura – que é a representação de todas as pessoas que fazem parte de sua audiência.

Algumas questões que você precisa saber ou definir para sua avatar:

  • Que filmes ou programas de TV assiste? Músicas preferidas? Livros de cabeceira?
  • Com quem conversa e o que vivencia no seu dia a dia?
  • Se preocupa com a saúde? Pratica exercícios? Mantém uma alimentação saudável?
  • Como é sua rotina?
  • Acessa redes sociais? Quais? Quantas vezes por dia?
  • Quais suas maiores dores? Não ver os filhos crescer? Não ter tempo para cuidar da própria saúde?
  • Quais seus maiores medos? Perder o emprego na crise? Falhar no casamento?
  • Quais suas objeções? Não fazer compras pela internet por não confiar no que está sendo oferecido?
  • O que ela deseja para a própria vida? Seu propósito, seus maiores sonhos…
  • O que impede essa pessoa de realizar esse sonho? O que ela pensa em fazer a respeito?
  • Em que formato consome informação: texto, áudio, conteúdos visuais, vídeos? Com que frequência? Em que momento do dia?

Se desejar acrescentar ainda mais detalhes, faça! Quanto mais fiel, melhor.

Claro que o avatar não é a representação exata de toda e qualquer pessoa que faz parte do seu público, mas sim uma junção de características de várias delas em uma única personificação. Quanto melhor você entender seu público, maiores serão as chances de criar conteúdos memoráveis e produtos que atendem às expectativas da sua audiência.

Quanto maior a compreensão do que está impulsionando seu público a buscar soluções, maior será o arsenal de assuntos a serem abordados em seu blog. Até mesmo produtos podem surgir quando você conhece bem aquilo de que seus seguidores precisam!

E assim cada vez mais assertivo será seu posicionamento no mercado. A imagem do seu blog/site vai ser formada na mente do seu leitor a partir da mensagem que você transmitir, seja através de seus conteúdos, seja por sua imagem pessoal ou até mesmo pelos elementos visuais que compõem sua marca, como o logo, as cores e o template do seu blog.

Definir com segurança todos esses elementos se torna infinitamente mais fácil quando você sabe para quem deseja passar determinada imagem. Ou melhor: quando você passa a conhecer a imagem ideal que as pessoas do seu nicho têm. E pode se aproximar ao máximo disso a fim de obter sucesso com seu público.

Um blog ou site com posicionamento bem definido e que inspira faz com que seus leitores queiram voltar, acompanhar as atualizações de conteúdo e até mesmo contribuir de alguma forma. Este é o sonho de todo blogueiro: uma audiência engajada!

Se é o seu também, aposte na definição do seu avatar! Conhecer a audiência é uma obrigação sua e saber se posicionar perante ela também. Portanto, se você não quer perder tempo, leia o artigo completo “Como definir o posicionamento estratégico da sua marca e se tornar inabalável no seu nicho de mercado“.

Vai deixar de explorar sua habilidade única e dividir sua mensagem com o mundo?

Nos falamos em breve. Forte abraço.

Data da última atualização: 30/08/2018


O que você achou desse conteúdo?


Henrique Carvalho

Fundador do site Viver de Blog. Minha missão é mostrar o universo de blogs como um negócio digital, transformando milhares de pessoas através de dicas práticas com infográficos, e-books e guias completos.


    como-dominar-seu-nicho-de-mercado-conhecendo-a-fundo-sua-audincia