Cálculo de frete: o que é e como impacta o lucro da sua loja virtual

Por: Lucas Zanini
Cálculo de frete: o que é e como impacta o lucro da sua loja virtual

Aqui você encontra:

Você precisa ficar de olho no cálculo de frete da sua loja. Sabe por que falamos isso? É que a gente seria capaz de apostar que você já abandonou um carrinho de compras depois de ver o valor da entrega. Mas não seria uma aposta justa, porque sabemos que a maioria das pessoas já fez isso — 83% delas, segundo dados do E-commerce Trends.

Ou seja: não é por acaso que o frete tem fama de ser o grande vilão das compras pela internet. Afinal, ele pode render uma dor de cabeça daquelas tanto para lojistas quanto para consumidores. É exatamente por isso que o cálculo de frete é um elemento tão importante para qualquer loja virtual. Erros nessa etapa podem impactar (e muito) o lucro do seu negócio.

Quer saber como evitar problemas com o cálculo de frete? Então continue a leitura!

Você vai descobrir neste artigo:

  • Como o cálculo de frete é feito;
  • Quais são os fatores que interferem no cálculo de frete;
  • Como usar a tecnologia para calcular fretes e comparar preços pela internet.

Como o cálculo de frete é feito?

Cada transportadora tem suas próprias fórmulas para calcular frete. Apesar disso, todas elas precisam de algumas informações básicas para definir o valor de um envio:

  • CEP de origem
  • CEP de destino
  • Peso
  • Dimensões (Altura, Largura, Comprimento)

Mas outras variáveis também são levadas em consideração. A modalidade da entrega (expressa, padrão ou econômica) e o meio de transporte utilizado também influenciam no valor final do envio.

Você precisa ter em mente que qualquer alteração em uma dessas variáveis vai modificar o resultado do cálculo de frete. O mesmo trecho pode cobrar valores diferentes dependendo da modalidade de entrega escolhida, por exemplo. E isso apenas para citar uma variação possível!

4 fatores que interferem no cálculo de frete (e no seu lucro)

Elencamos 4 fatores que interferem diretamente no cálculo de frete. Eles podem impactar negativamente a sua margem de lucro e até espantar os seus clientes. Leia atentamente e veja como evitar alguns erros que podem encarecer as entregas da sua loja!

1) Produtos cadastrados incorretamente

Cadastrar incorretamente o peso ou as dimensões de um produto é um erro bastante grave. Ele pode causar uma série de problemas, que variam de carrinhos abandonados por causa do valor da entrega até prejuízos nas vendas.

Imagine a seguinte situação: o seu cliente insere o CEP, simula o frete e, satisfeito com o valor, realiza o pedido. Esse seria o cenário perfeito, mas você descobre que o cadastro do produto estava errado!

Como consequência disso, o seu cliente pagou menos do que deveria pela entrega. E adivinhe de onde vai sair a diferença entre o valor pago e o valor real do envio? Do seu bolso, é claro.

Sempre preste muita atenção na hora de cadastrar o peso e as dimensões dos seus produtos. Isso vai evitar erros no cálculo de frete da sua loja e várias dores de cabeça no futuro!

2) Embalagens inapropriadas para o tamanho do produto

A embalagem também pode influenciar o valor do frete. Um dos motivos para isso é o cálculo de cubagem feito pelas empresas de transporte. Para quem não sabe, a cubagem avalia a relação entre o peso da carga e o espaço que ela ocupa no veículo.

Como o espaço é limitado, as transportadoras precisam levar em consideração o volume dos objetos na precificação do frete, e não apenas o peso. Por isso, quando o peso cubado é maior que o peso bruto, as transportadoras vão calcular o frete com base no volume do objeto.

Em suma, você pode acabar pagando um frete mais caro se enviar o seu produto em embalagens maiores que o necessário. Certifique-se de utilizar pacotes condizentes com o tamanho do item. Não faz sentido enviar encomendas do tamanho de celulares em caixas de sapato, né?

Fique de olho: algumas transportadoras podem cobrar taxas extras em razão do formato da sua embalagem. É o caso dos Correios, que adicionam uma taxa de R$ 79,00 às encomendas que necessitem de manuseio especial, tais como pacotes em formato cilíndrico, esférico ou que tenham uma das dimensões maior que 70 cm.

3) Embalagens mal feitas

Apesar de não tornar necessariamente o cálculo do frete mais caro, uma embalagem mal feita pode trazer gastos com logística reversa. Afinal, se o produto chegar danificado, o cliente com certeza vai querer devolvê-lo.

E já sabe: o responsável por pagar o frete de devoluções e trocas é quem vende a mercadoria. O Código de Defesa do Consumidor é bem claro quanto a isso. Seja cuidadoso na hora de embalar os seus pedidos: use plástico bolha, isopor, almofadas de ar e outros itens do tipo para reduzir as chances de avaria.

Além dos eventuais gastos com frete reverso, embalagens mal feitas podem espantar seus clientes. Pare e pense: você compraria novamente de uma loja que entregou o seu pedido danificado ou embalado de qualquer jeito?

4) Erros na tabela de frete

Quem tem contratos fechados com transportadoras possui acesso a tabelas de frete personalizadas, com preços diferentes daqueles praticados no balcão. Para disponibilizar esses valores especiais aos clientes no momento em que eles simulam a entrega, os lojistas fazem o upload das tabelas para suas plataformas de e-commerce.

O problema é quando há algum erro na tabela de frete. Como já comentamos, qualquer alteração nas variáveis usadas para calcular o frete (CEP, peso, modalidade de entrega) influencia o valor que o consumidor vai ver quando estiver simulando a entrega.

Esse tipo de problema pode ser bem difícil de perceber. Uma pista significativa de que a sua tabela de fretes pode estar com erros é o índice de carrinhos abandonados da sua loja. Se ele não for condizente com a competitividade do frete que você oferece, fique atento, pois algo pode estar errado.

Use a tecnologia para calcular fretes e comparar preços pela internet

A tecnologia já simplificou muitas tarefas do nosso cotidiano. Basta olhar para o computador, celular ou tablet que você está usando para ler este texto. Quantas tarefas esse aparelho facilita para você?

Graças aos avanços tecnológicos, o que era trabalhoso ontem pode ser resolvido com poucos cliques hoje. Por exemplo: antes da internet, você precisava telefonar para diversas transportadoras (ou ir até o balcão de cada uma delas) para consultar o preço atualizado de um frete. Hoje em dia, graças às facilidades da rede, você consegue acessar o site das empresas de transporte e calcular o seu frete rapidamente.

Só que, ainda assim, é trabalhoso! Nem todas as transportadoras têm bons sites. Além disso, você não tem tempo de abrir várias páginas e ficar comparando preços manualmente, não é? Por sorte, a tecnologia já tem uma solução para esse problema: é o Melhor Envio, uma plataforma de cotação e geração de fretes para quem vende online.

Quem usa o Melhor Envio consegue comparar preços e prazos simultaneamente com diversas transportadoras, inclusive Correios. Pode escolher o frete que achar mais vantajoso e gerar a etiqueta de envio pela internet, tudo com praticidade e segurança.

O Melhor Envio está integrado a mais de 30 plataformas, inclusive a Nuvemshop. Instale o plugin na loja de aplicativos da sua Nuvemshop ou acesse o site do Melhor Envio e faça suas cotações sem pagar taxas ou mensalidades.

Faça como +50mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Sabemos que migrar sua loja não é uma decisão simples.

Descubra os benefícios e facilidades que a Nuvemshop oferece exclusivamente para migrações.

Saiba mais sobre a migração