15/02/2012

5 dicas para a newsletter do seu negócio

Ilustração de e-mail representando o recebimento de newsletters.

O e-mail marketing é uma excelente estratégia para estreitar o relacionamento da sua marca com os clientes, divulgar novos produtos e aumentar as vendas da sua loja. Oferecendo ao seu público o recebimento de uma newsletter periódica, você está dando um significativo passo em direção ao sucesso.

Muitos profissionais, porém, pecam ao elaborar suas newsletters, deixando-as com uma mensagem pouco clara, não atendendo às expectativas dos leitores e até tornando a comunicação invasiva. Essas falhas podem não apenas fazer com que o seu e-mail vá diretamente para a caixa de “spam”, como também prejudicar a credibilidade do seu negócio online.

Para evitar que isso aconteça, abordaremos neste artigo alguns conceitos que você deve ter em mente ao preparar a sua campanha. Lembre-se também das outras dicas que já compartilhamos. Você pode enviar suas mensagens manualmente ou utilizar serviços específicos como o MailChimp.

1. Busque conquistar o seu cliente e não apenas vender

Considere sempre o objetivo principal da sua ação. No caso da newsletter, este deve ser aproximar-se do seu cliente e fazer valer a pena o tempo que ele dedicará para conferir seu e-mail, e não simplesmente oferecer um produto (que ele, na verdade, nem estava procurando).

Pensar dessa forma te ajudará a entender qual tipo de conteúdo você precisará criar. O ideal é que seja algo útil e informativo, um diferencial. Certamente, será relacionado ao segmento da sua loja virtual, mas não necessariamente ao seu produto. Que tal discutir tendências do mercado ou novidades da indústria? Há sempre espaço para assuntos diretamente ligados à sua empresa, mas esse não precisa ser o foco principal.

2. Deixe que as pessoas leiam nas entrelinhas

Verdade seja dita, as pessoas raramente leem uma página completa ou uma newsletter inteira na internet. A cada dia, quanto mais informações estão disponíveis, mais rápido é o consumo de cada uma.

Por isso, é importante usar o mínimo de texto possível, destacando os pontos mais importantes em negrito, sublinhado, cores diferentes ou outro recurso de sua preferência. Assim, antes mesmo de optar por ler ou não toda a sua mensagem, o cliente já captará a essência dela. Não se esqueça, contudo, de sempre incluir a sua call-to-action!

3. Capriche nas imagens

As imagens serão um recurso à parte da sua newsletter, mas também farão diferença na interpretação da sua comunicação. Portanto, selecione-as criteriosamente e as disponha de forma harmoniosa na composição, com os tamanhos e alinhamentos adequados.

Outra dica é evitar a inclusão de todas as informações em uma única imagem, já que o provedor de e-mail ou o próprio leitor podem desativar a sua visualização e receber um e-mail supostamente vazio.

4. Possibilite o cancelamento da assinatura

Mesmo que o conteúdo das suas newsletters estejam muito bons, o cliente pode ter inúmeros motivos para querer parar de recebê-las (imagine, por exemplo, que ele não consegue manter sua caixa de entrada organizada e resolveu interromper comunicações corporativas).

Portanto, uma boa prática já utilizada pelos especialistas de marketing digital é, sempre ao final da mensagem, incluir um discreto link para as pessoas cancelarem o recebimento de campanhas. Se você não oferecer essa possibilidade, seu leitor pode ficar arrependido do cadastro e até mudar sua opinião a respeito da marca.

5. Revise o conteúdo e teste o envio

Porque não há como voltar atrás! Uma vez enviado um e-mail com erros de ortografia, digitação ou informação, diminui-se a credibilidade do seu negócio online. É fundamental reler tudo o que foi escrito, testar todos os links para verificar se eles apontam para as páginas corretas e conferir se os textos e imagens serão exibidos da maneira esperada em serviços de e-mails diferentes (Outlook, Gmail, Yahoo!, entre outros).

É também aconselhável não incluir anexos: as pessoas poderão pensar que se trata de algum vírus e sequer abrir a sua mensagem. Com tudo em ordem, envie um e-mail de teste para si mesmo e analise a futura experiência do leitor.

Tudo certo?

Esperamos que essas dicas tenham sido bastante proveitosas para você. Vale a pena investir nas campanhas de e-mail marketing, dedicando-se a preparar o melhor conteúdo possível. Se quiser se aprofundar mais, confira nosso curso online gratuito sobre o assunto.

E se você ainda não tem uma loja virtual para colocar tudo isso em prática, pode testar a Nuvem Shop por até 15 dias grátis e usufruir de uma plataforma bonita, responsiva, completa e intuitiva que não requer conhecimentos técnicos!

Data da última atualização: 08/05/2018


O que você achou desse conteúdo?


Nuvem Shop

    5-dicas-para-a-newsletter-do-seu-negcio