5 dicas para melhorar seu negócio inspirado no poder feminino do filme “Potiche: esposa troféu”

inspiração potiche esposa troféu

Os machistas que me perdoem, mas hoje vamos falar do poder feminino mostrado no filme Potiche: a esposa troféu (2010), comédia francesa que conta com a atuação de Catherine Deneuve como a personagem principal Suzanne Puyol.

Suzanne, de família rica e herdeira de uma fábrica de guarda-chuvas, casou-se com Robert, que virou o CEO da empresa da família e a administra com mãos de ferro (e cabeça fechada).

A empresa, porém, entra em crise com uma greve de funcionários e Suzanne, que sempre se contentou em manter uma vida submissa e afastada dos negócios, resolve assumir as rédeas da situação. Para desespero de Robert e dos filhos, que a veem somente como uma figura decorativa e sem conhecimento necessário para administrar um negócio, quanto mais tirá-lo da crise.

Bom, mas como a minha intenção aqui não é dar spoiler, se você ainda não viu o filme recomendo que o veja e depois aproveite as lições abaixo para seu próprio negócio:

1.Segundo ponto de vista

Começamos com o ponto mais difícil para quem é “cabeça-dura”, e se você também é da turma do “se conselho fosse bom, não se dava”, está na hora de rever isso.

Mesmo que você já tenha 30 anos de experiência vendendo cachorro quente em porta de estádio de futebol, você precisa assumir que talvez em outro estádio da cidade há algum outro vendedor que tenha um molho melhor que o seu. E que, se você perguntar, ele poderá te dar umas dicas de como deixar seu molho sensacional e fazer com que os torcedores queiram ir ao estádio mais pelo seu cachorro quente do que para ver o time ganhar, por exemplo.

Tá certo, você não precisa aceitar toda sugestão dada e nem pedir conselhos a todo instante, mas se você está montando um negócio online agora, por exemplo, peça aos amigos e familiares para fazerem testes de usabilidade, analise as opiniões deles e mude se achar que fazem sentido e, por fim, tente sempre conseguir opiniões de pessoas que representem o público que você deseja atingir.

Da mesma forma como Suzanne aceita a opinião de Maurice, seu ex-namorado, por perceber que ele pode ajudar a dialogar melhor com os operários grevistas, peça algumas opiniões antes de tomar uma decisão importante e também reflita ao receber um conselho, pois ele pode valer a pena e fazer você perceber que uma tarefa feita de forma diferente pode trazer mais benefícios ao seu negócio.

2. Confiar no seu taco

Mesmo não tendo experiência como administradora de empresas, Suzanne confiou na sua intuição e usou o que tinha de melhor para tentar contornar a situação, ao mesmo tempo que estava aberta para aprender coisas novas. E foi fundamental que ela não desistisse só por que os outros achavam que ela não iria conseguir.

É claro que ter certa preparação e experiência nas áreas pode ajudar um negócio a decolar, mas isso não é tudo (vide Zebeléo). O mais importante é que, se você acredita em algo, siga em frente e trabalhe para tornar sua ideia realidade; o aprendizado faz parte do caminho e a experiência virá com a prática.

3. Investir em comunicação

Aqui não estou falando de investir em tecnologia da comunicação, mas no diálogo entre as pessoas envolvidas no negócio. Assim como no filme, Suzanne faz as pazes com Maurice pois acredita que ele pode ajudá-la, ela também estabelece uma comunicação aberta com os operários em greve da empresa, o que facilita muito na resolução do conflito.

Saber conversar e ouvir as opiniões de outras pessoas pode contribuir para uma convivência mais harmoniosa com seus sócios e funcionários e isso certamente pode ser benéfico para o seu negócio .

4. Mais que mandar, liderar

Mesmo que pareçam semelhantes, na prática, liderar e mandar são coisas muuuito diferentes na comunicação dentro do ambiente de trabalho.

Para uma boa gestão, é importante estar atento às necessidades da empresa e também das pessoas para trazer equilíbrio ao negócio, além de ajudar a reduzir o “giro” de funcionários e, claro, os gastos com novas contratações.

No filme, sem nunca ter se dado conta antes, Suzanne se descobre uma líder nata e aos poucos se torna admirada pelos seus funcionários. Mas essa sorte não ocorre com todos, portanto, se você percebe que esse não é o seu forte, existem muitos cursos no mercado que podem te ajudar a melhorar como líder e começar a inspirar seus funcionários.

5. Nunca é tarde para começar

Suzanne passou a maior parte da vida confortável na função de dona de casa, porém, decidiu tentar algo novo que pudesse ajudar sua família e a empresa.

Da mesma forma, cada dia é uma oportunidade de fazer algo novo. Se você sempre esteve bem como funcionário em um supermercado, por exemplo, mas de repente sentiu vontade de começar um negócio seu, não é porque nunca fez algo similar que não pode começar agora.

Se algo te incomoda na sua vida, espero que este filme te inspire a encarar os desafios de frente e mudá-la para a melhor.

Caso esteja pensando em começar uma loja online, te convido a testar a Nuvem Shop por 15 dias grátis; com certeza trazemos seu sonho de empreender para mais perto de você.


O que você achou desse conteúdo?


Renata Estevo

Renata é formada em relações internacionais e trabalha como consultora de e-commerce na Nuvem Shop. Adora colecionar cartões postais, não perde um jogo do seu time do coração, o Chelsea FC, e também não passa um dia sem usar o Pinterest.


    5-dicas-para-melhorar-seu-negcio-inspirado-no-poder-feminino-do-filme-8220-potiche-esposa-trofu-8221